Ir para o caminho de navegação, saltando as ferramentas do sítio e o selector de línguas

Relações externas

Globo sobre um puzzle

A Comissão Europeia colabora com várias organizações internacionais e países a fim de:

  • promover o desenvolvimento social fora das fronteiras da UE;
  • fomentar uma globalização justa, de forma a contribuir para a maximização dos benefícios e a minimização dos custos inerentes à globalização;
  • desenvolver políticas eficazes que ajudem a assegurar simultaneamente o progresso económico e social;
  • partilhar boas práticas;
  • ajudar a preparar os países candidados e candidatos potenciais para a adesão à UE.

A Comissão Europeia procura assegurar que o emprego e os aspectos sociais sejam tidos em conta aquando da elaboração das políticas externas da UE. No âmbito das suas políticas comercial e de cooperação para o desenvolvimento, a Comissão fomenta, em especial, o desenvolvimento sustentável e a dignidade no trabalho.

Organizações e instâncias internacionais

A Comissão colabora com a OIT, a OCDE, a ONU e o G20, bem como outras organizações e instâncias internacionais, no sentido de:

  • fomentar a dimensão social da globalização;
  • promover um trabalho digno para todos, que abranja:
    • emprego produtivo e escolhido de livre vontade,
    • direitos no trabalho, incluindo os direitos laborais fundamentais,
    • protecção social,
    • diálogo social;
  • implementar a dimensão externa da estratégia Europa 2020 para o crescimento e o emprego.

Alargamento da UE a novos países membros

A UE procura melhorar as políticas sociais e de emprego de todos os países candidatos à adesão. Para o efeito, a Comissão estabelece um diálogo político com esses países e avalia anualmente a evolução dos países candidatos e dos candidatos potenciais. São encetadas negociações sobre estas matérias com os países candidatos, à medida que estes se aproximam do objectivo da adesão à UE.

No contexto da sua Estratégia de Alargamento para 2010-2011, a Comissão acolheu favoravelmente a intenção de muitos países candidatos de reflectirem a estratégia Europa 2020 nas respectivas prioridades de reforma nacionais.

O trabalho da Comissão visa reforçar o capital humano e ajudar a combater a exclusão social nestes países através de medidas apoiadas pelo Instrumento de Assistência de Pré-Adesão (IPA) e, em particular, da sua Componente IV - Desenvolvimento dos recursos humanos, que ajuda a preparar a participação dos países candidatos na política de coesão da UE e no Fundo Social Europeu

Outros países vizinhos

A UE coopera com países vizinhos em matérias relacionadas com o emprego e as questões sociais através da Política Europeia de Vizinhança e de iniciativas regionais, tais como:

A Comissão Europeia negoceia acordos, promove o diálogo político e partilha boas práticas no domínio do emprego e das questões sociais com os países envolvidos.

Países desenvolvidos e mercados emergentes

A cooperação assume as seguintes formas:

    Partilhar

  • Partilhar no Twitter Partilhar no Facebook Partilhar no Google+