Projeto de geminação entre Espanha e Portugal faz dos estudantes embaixadores para a cultura local

Um projeto tecnológico incentivou os estudantes em Espanha e Portugal a partilharem as suas paisagens, monumentos e tradições locais favoritos com os seus colegas do outro lado da fronteira, utilizando uma ferramenta colaborativa em linha. Os jovens visitaram depois as regiões dos seus colegas, Castela e Leão, e Norte e Centro, para consolidarem as suas relações e vivenciarem as atrações locais ao vivo durante vários intercâmbios.

Outras ferramentas

 
Diretores das escolas partilham os resultados do projeto TECNICEA durante uma conferência de divulgação © Comisiόn Mixta TECNICEA Diretores das escolas partilham os resultados do projeto TECNICEA durante uma conferência de divulgação © Comisiόn Mixta TECNICEA

" O TECNICEA incentivou a utilização de ferramentas de TIC pelos estudantes de ambos os lados da fronteira entre Espanha e Portugal para promover os contextos naturais, culturais e sociais das escolas e estimular o desejo de conhecerem os ambientes onde viviam os seus colegas de projeto. As escolas participantes tiveram também a oportunidade de estabelecer relações para posteriores colaborações e as autoridades educativas puderam reforçar a sua cooperação transfronteiriça. "

José Ignacio Rodríguez Aguado, Departamento Regional para a Educação, Direção-geral para a Inovação e a Igualdade

Os estudantes de Espanha e Portugal utilizaram uma rede de comunidades em linha para conhecerem a sua própria região e a dos seus vizinhos. O projeto TECNICEA juntou 16 escolas secundárias — oito em Castela e Leão, em Espanha, e oito nas regiões Centro e Norte de Portugal — através de blogues, apresentações em linha, microdocumentários e intercâmbios de estudantes.

A plataforma TECNICEA criou uma série de comunidades virtuais que permitiram que as escolas participantes estabelecessem relações para colaborações posteriores e que as autoridades educativas reforçassem a cooperação transfronteiriça existente. O projeto incentivou a utilização de ferramentas de TIC entre os estudantes para promoverem os contextos naturais, culturais e sociais das escolas e estimulou o desejo por compreenderem o contexto onde viviam os seus colegas de projeto.

Interação em linha e fora de linha    

Cada escola em Portugal foi associada a uma escola em Espanha. Os estudantes em cada instituição utilizaram depois uma plataforma em linha para desenvolverem pequenas produções de multimédia baseadas no seu bairro e orientadas por um educador. Estes projetos centraram-se nas zonas envolventes mais próximas dos estudantes e convidaram-nos a explorarem o seu ambiente natural e cultural, as tradições, os costumes e as línguas locais. Os projetos foram produzidos em espanhol e português e traduzidos pelos próprios estudantes.

Esta comunidade virtual foi complementada por curtos intercâmbios escolares em que os dois grupos de estudantes visitaram os seus colegas nas respetivas escolas geminadas. Durante estas visitas, puderam explorar ao vivo os lugares que tinham conhecido em linha através dos seus anfitriões. Para muitos, esta foi a primeira vez que visitaram a área, apesar da proximidade, e os intercâmbios atraíram a atenção da comunicação social local. Quando os dois grupos se conheceram, mostraram-se ambos muito entusiasmados por vivenciar as tradições que tinham conhecido virtualmente e saber mais sobre o contexto local dos seus colegas.

Ligações reforçadas

Os estudantes envolvidos no TECNICEA ganharam uma experiência valiosa com as tecnologias em linha através do sítio Web colaborativo, assim como conhecimentos mais aprofundados sobre o seu próprio ambiente através da promoção de uma característica do seu bairro ou cultura. No total, participaram no projeto 320 professores, diretores de escolas e alunos.

O TECNICEA foi coordenado por representantes das três autoridades regionais participantes com responsabilidade no ensino nas suas respetivas regiões. O projeto foi uma oportunidade para promoverem os contextos culturais e socioeconómicos das regiões fronteiriças, melhorarem os programas educativos e reforçarem as relações entre as autoridades educativas dos dois países.


Investimento total e financiamento da UE 

O investimento total para o projeto «Tecnologia e Inovação no Contexto Educativo dos Estudantes» é de 106 471 EUR, com uma contribuição de 79 853 EUR do Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional através do Programa Operacional «Espanha — Portugal» para o período de programação 2007-2013. O investimento enquadra-se na prioridade «Cooperação e gestão conjunta para a promoção da competitividade e a promoção do emprego».

 


Data do projecto

31/05/2018