Ponte une as comunidades na Península Ibérica

A recente construção de uma ponte internacional, ligando a província de Huelva com o Alentejo, nas regiões sul de Espanha e de Portugal, está a contribuir para melhorar as ligações de transporte e a criar novas oportunidades de desenvolvimento económico e social das empresas e de cerca de 50 000 habitantes. A distância entre as duas cidades foi amplamente reduzida de 138 km para meros 12 km.

Outras ferramentas

 
Vista impressionante da nova ponte que liga Portugal a Espanha Vista impressionante da nova ponte que liga Portugal a Espanha

“Vamos ver as diferenças no comércio, e em todas as outras áreas, desde o turismo, à vida social, economia e política.”
Juan M. Burga, Presidente da Câmara de El Granado, Espanha

A ponte de 140 metros de comprimento e 11 de largura, que liga a cidade de Pomarão, em Portugal, e nova estrada provincial HU-6400, foi inaugurada em Fevereiro de 2009. Este novo acesso, bem como a ampliação e melhoria das estradas próximas, nova sinalização e desenvolvimentos ambientais, foram financiados pelas autoridades locais e pela União Europeia e fazem parte de uma estratégia de recuperação na região.

Reconhecimento das necessidades humanas e ambientais

As regiões da Andaluzia, em Espanha e do Alentejo, em Portugal, gozam hoje de melhores ligações de transporte desde que foi inaugurada a nova ponte sobre o Rio Chanza. Esta é já a terceira estrada que liga a província de Huelva a Portugal, a acrescentar às já existentes em Aiamonte e Rosal de la Frontera. A fauna e a flora não foram esquecidas durante a construção, pois o projecto teve em consideração as questões ambientais.

Festejos em nome do crescimento e da prosperidade

As autoridades locais e nacionais de Espanha e de Portugal participaram na sessão de inauguração da ponte em Fevereiro de 2009. A importância da ponte, em termos de desenvolvimento económico e social, não pode ser subestimado, posto que os sectores do turismo, da agricultura e comércio dependem em grande parte da melhoria de infra-estruturas como esta. Em termos sociais, a ponte veio criar uma nova relação de vizinhança para os habitantes destas comunidades que durante séculos pouco se cruzaram.

Estímulo ao turismo

A redução do tempo de viagem entre os dois países graças à construção desta ponte vai beneficiar os turistas e operadores turísticos, em particular durante as épocas de maior afluência. Mértola, por exemplo, na principal cidade da região portuguesa, e fonte de cultura e riquezas arqueológicas para o turismo, está hoje a menos de 20 minutos de El Granado e a pouco mais de meia hora de Huelva.

Data do projecto

16/01/2010