Competitivitatea IMM-urilor

As pequenas e médias empresas são vitais para a economia da UE, contabilizando mais de 99 % das empresas europeias e dois terços dos empregos no setor privado.

Outras ferramentas

 

A melhoria da competitividade das PME é um dos objetivos temáticos da política de coesão para 2014‑2020, mas as PME são também apoiadas no âmbito de outros objetivos temáticos, em particular a investigação e a inovação, a economia hipocarbónica e as tecnologias da informação e da comunicação. Com mais de 65 mil milhões de euros ou cerca de 20 % de financiamento do Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional (FEDER) dedicados explicitamente às PME, o FEDER é uma das principais fontes de apoio da nova estratégia para as PME em prol de «uma economia ao serviço dos cidadãos». A utilização crescente de instrumentos financeiros que mobilizam fundos da UE, nacionais e regionais adicionais durante o período de financiamento de 2014‑2020 está também a beneficiar as PME.

Este investimentos ajudarão as PME a:

  • Aceder a financiamento para investimentos através de subvenções, empréstimos, cauções de empréstimo, capitais de risco, etc.
  • Beneficiar de apoio específico às empresas, por exemplo, saber-fazer e aconselhamento, oportunidades de trabalho em rede e informação, parcerias transfronteiriças
  • Melhorar o acesso aos mercados globais e às cadeias de valor internacionais
  • Explorar novas fontes de crescimento como, por exemplo, a economia verde, o turismo sustentável e serviços sociais e de saúde, incluindo a «economia do envelhecimento» e os setores culturais e criativos
  • Investir no capital humano e nas organizações, facultando ensino e formação profissional com orientação prática
  • Forjar laços valiosos com centros de investigação e universidades para promover a inovação
  • Criar e expandir empresas em fase de arranque

A existência de novas medidas e regras comuns e simplificadas facilitam o acesso das PME aos Fundos da Política de Coesão em 2014-2020. Estas incluem:

  • relatórios online sobre como são utilizados os fundos
  • regras de elegibilidade mais transparentes
  • auditorias mais específicas e menos frequentes às pequenas operações
  • alargamento do âmbito e simplificação da preparação e do acesso aos instrumentos financeiros

Consulte a avaliação ex post do apoio do FEDER às PME no período 2007‑2013

O aumento do investimento nas PME em 2014-2020 acrescerá aos resultados da Política de Coesão da UE durante o período de financiamento de 2007-2013:

  • Foram apoiadas mais de 95 000 empresas em fase de arranque
  • Foram criados mais de 300 000 empregos em PME

 

Thematic Objective: 3 SME competitiveness by Country for 2014-2020

Breakdown Of The Available Funds By Thematic Objective By MS For 2014-2020