Parcerias estratégicas

Como se candidatar

As candidaturas devem ser apresentadas à agência nacional do país do programa onde a organização candidata está estabelecida.

Objetivo

As Parcerias Estratégicas são projetos transnacionais que visam desenvolver e partilhar práticas inovadoras e promover a colaboração, a aprendizagem interpares e o intercâmbio de experiências nos domínios da educação, da formação e da juventude.

De um modo geral, as Parcerias Estratégicas abordam prioridades horizontais ou específicas nos seguintes domínios:

  • ensino superior
  • ensino e formação profissionais
  • ensino pré-escolar e escolar
  • educação de adultos
  • juventude

Existem dois tipos de Parcerias Estratégicas: as que apoiam a inovação e as que apoiam o intercâmbio de boas práticas.

Para mais informações sobre as prioridades específicas nos vários domínios, consulte o Guia do Programa.

Oportunidades

Graças às Parcerias Estratégicas, as organizações públicas, privadas ou não governamentais podem levar a cabo um vasto leque de atividades destinadas, por exemplo, a:

  • reforçar a cooperação e a criação de redes entre organizações
  • promover o desenvolvimento, o ensaio e a adoção de práticas inovadoras
  • promover o reconhecimento e a validação de conhecimentos, aptidões e competências
  • promover a cooperação entre autoridades regionais para desenvolver novos sistemas em matéria de ensino, formação e juventude
  • apoiar os aprendentes com uma deficiência ou necessidades especiais e facilitar a sua transição para o mercado de trabalho
  • apoiar os profissionais da educação e da formação com vista a promover a equidade, a diversidade e a inclusão na aprendizagem
  • promover a integração de migrantes recentemente chegados e sensibilizar o público para a crise dos refugiados na Europa
  • promover o empreendedorismo e a cidadania ativa entre os jovens

A dimensão e as atividades das Parcerias Estratégicas podem variar consoante o objetivo do projeto, as organizações envolvidas, os efeitos pretendidos e outros fatores.

No âmbito do projeto, podem ainda existir oportunidades de aprendizagem, de formação ou de ensino no estrangeiro para alunos, estudantes, aprendentes e membros do pessoal, desde que essas atividades transnacionais de aprendizagem, formação e ensino contribuam para a realização dos objetivos do projeto.

Como funciona

As organizações que pretendam candidatar-se devem estar estabelecidas num país do programa.

As candidaturas devem ser apresentadas por uma organização estabelecida num país do programa e, regra geral, envolver pelo menos três organizações de países do programa diferentes.

A título excecional, as parcerias no domínio da educação escolar e da juventude podem envolver apenas duas organizações de países do programa diferentes. As parcerias nestes domínios podem também candidatar-se a formatos específicos de «Parcerias de Intercâmbio Escolar» e de «Iniciativas transnacionais para a juventude», com um processo de candidatura mais simples e regras ligeiramente diferentes.

Não existe um número máximo de organizações por candidatura. As organizações dos países parceiros também podem participar numa candidatura, desde que representem um valor acrescentado para o projeto.

As instituições de ensino superior de países do programa devem ser titulares de uma Carta Erasmus para o Ensino Superior.

Que mais convém saber

A duração das Parcerias Estratégicas pode variar consoante o domínio:

  • ensino superior: entre 24 e 36 meses
  • educação de adultos, ensino pré-escolar e escolar e ensino e formação profissionais: entre 12 e 36 meses
  • juventude: entre 6 e 36 meses

Regra geral, as subvenções para projetos estão sujeitas a um limite máximo de 150 000 euros por ano. As subvenções para o formato específico ««Parcerias de Intercâmbio Escolar»» estão sujeitas a um limite máximo de 99 000 euros por ano.

Candidaturas

As candidaturas devem ser apresentadas à agência nacional do país do programa onde a organização candidata está estabelecida.

Mais informações

Para informações pormenorizadas sobre critérios, procedimentos e prazos, consulte o Guia do Programa Erasmus+.

Para mais informações sobre as Parcerias Estratégicas, consulte a brochura sobre o financiamento de projetos no domínio da educação, formação e juventude.

Para se inspirar, consulte os compêndios sobre os projetos já selecionados:

Para mais informações, contacte as agências nacionais ou, no caso dos países parceiros, os gabinetes nacionais (caso existam) ou ainda a Comissão Europeia.

Vídeo: Erasmus+: Dotar os jovens das competências do futuro

Escolas

Um guia para dirigentes escolares informa-os sobre as oportunidades oferecidas pelo programa às escolas.

Um guia para estudo da mobilidade a longo prazo dos alunos em parcerias estratégicas foi igualmente publicado.

Compartilhe esta página