Membros do pessoal do ensino escolar

Como se candidatar

Se tem uma conta EU Login, conta EU Login eForms (formulários eletrónicos) para aceder a candidaturas Erasmus+.

Se não tem uma conta EU Login, use o botão Criar uma conta EU Login.

As candidaturas devem ser apresentadas às agências nacionais do país do programa onde a organização candidata está estabelecida.

Oportunidades

Graças ao Erasmus+, as organizações podem enviar ou acolher membros do pessoal escolar para fins de ensino ou de desenvolvimento profissional.

Como funciona

As organizações podem apresentar uma candidatura a título individual ou enquanto parte de um consórcio nacional de mobilidade, ou seja, de um grupo de organizações geridas por uma única organização coordenadora.

Essas organizações pertencem a uma de três categorias principais:

  • organizações candidatas – responsáveis pela candidatura e pela gestão do projeto, podendo ser uma escola individual (caso em que também são a organização de envio) ou um coordenador de consórcio que apresenta a candidatura em nome de um agrupamento de escolas
  • organizações de envio – escolas responsáveis pela seleção dos membros de pessoal a enviar para o estrangeiro e pela gestão do pagamento das subvenções
  • organizações de acolhimento – responsáveis por acolher os membros do pessoal que vêm do estrangeiro

Os consórcios de mobilidade nacionais devem ser constituídos, no mínimo, por três organizações do mesmo país do programa, que têm de ser indicadas na fase de candidatura. A entidade responsável pelo consórcio pode ser uma autoridade escolar local ou regional ou outro tipo de organismo de coordenação escolar. As escolas que participam no consórcio devem ter uma ligação orgânica com o coordenador do consórcio.

A mobilidade dos membros do pessoal escolar deve estar integrada no plano de desenvolvimento europeu da organização de envio e dar resposta a necessidades de desenvolvimento do pessoal claramente definidas. A organização que apresenta a candidatura deve assegurar a aplicação de medidas de seleção, preparação e acompanhamento adequadas, bem como garantir o devido reconhecimento dos resultados da aprendizagem dos membros do pessoal participantes e uma ampla divulgação e aproveitamento dos resultados da aprendizagem no interior da instituição.

Candidaturas

O processo de candidatura é gerido pela agência nacional do país onde está estabelecida a organização ou consórcio candidato. Cada organização ou consórcio apenas se pode candidatar uma vez em cada ciclo de seleção. Porém, uma organização pode fazer parte ou coordenar vários consórcios nacionais de mobilidade.

Mais informações

O Guia do Programa Erasmus+ constitui a principal fonte de informação sobre estas oportunidades. Para informações pormenorizadas sobre os critérios de avaliação, os critérios de elegibilidade e as regras de financiamento, consulte a Parte B.

As agências nacionais ou, no caso dos países parceiros, os gabinetes nacionais (caso existam) podem dar mais informações.

A rede eTwinning é uma comunidade de escolas no âmbito da qual as pessoas que trabalham num estabelecimento de ensino europeu podem comunicar, colaborar umas com as outras, desenvolver projetos e partilhar experiências, integrando a maior comunidade de aprendizagem da Europa.

O portal School Education Gateway proporciona um espaço onde professores, escolas, especialistas e outros interessados podem encontrar informações sobre novidades, tendências, políticas, iniciativas e atividades no domínio da educação escolar, bem como debater questões importantes com os seus pares.

Guia dos dirigentes escolares

O guia para os dirigentes escolares dá informações sobre as oportunidades oferecidas pelo programa às escolas.

 

Compartilhe esta página