Diálogo estruturado

Como se candidatar

As candidaturas devem ser apresentadas à agência nacional do país do programa onde a organização candidata está estabelecida ou via Internet, no sítio Erasmus+ forms.

Objetivo

O diálogo estruturado tem por objetivo promover a participação ativa dos jovens na vida democrática e fomentar o debate em torno das principais questões que afetam a juventude.

Mais especificamente, estas ações têm como objetivo suscitar o debate entre os jovens e os responsáveis políticos tendo em vista contribuir para o desenvolvimento de políticas no domínio da juventude, nomeadamente a estratégia da UE para a Juventude.

Oportunidades

Graças ao Erasmus+, as organizações participantes podem levar a cabo:

  • reuniões ou seminários a nível nacional, transnacional ou internacional com o objetivo de proporcionar um espaço para a informação, o debate e o diálogo entre os jovens e os responsáveis políticos
  • reuniões ou seminários a nível nacional, transnacional ou internacional destinados a preparar o terreno para as Conferências da UE sobre a Juventude
  • eventos que promovam o debate e a informação sobre temas da política de juventude relacionados com as atividades organizadas durante a Semana Europeia da Juventude
  • consultas aos jovens
  • reuniões, seminários, eventos ou debates entre os jovens, os responsáveis políticos e especialistas no tema da participação na vida democrática
  • eventos que simulem o funcionamento das instituições democráticas e os papéis dos responsáveis políticos nessas instituições

As atividades devem ser dirigidas por jovens, que devem estar ativamente envolvidos em todas as fases dos projetos.

Como funciona

As organizações que desejem candidatar-se à realização de reuniões nacionais ou transnacionais devem fazê-lo no âmbito de um consórcio constituído, no mínimo, por duas organizações de dois países do programa.

As candidaturas à realização de reuniões nacionais devem incluir, pelo menos, uma organização de um país do programa.

 

A organização candidata é responsável pela apresentação da candidatura em nome do consórcio, bem como pela gestão do projeto. As organizações que desejem participar no projeto devem estar estabelecidas num país do programa ou num país parceiro.

Que mais convém saber

As reuniões nacionais devem decorrer no país da organização candidata.

As reuniões transnacionais podem realizar-se em qualquer um dos países do programa envolvidos no projeto.

As atividades podem também ter lugar na sede de uma instituição da União Europeia.

Os jovens que participam num projeto devem ter entre 13 e 30 anos de idade e residir num dos países envolvidos no projeto.

Os responsáveis políticos podem participar num projeto independentemente da idade ou do país de residência.

A duração dos projetos varia entre 3 e 24 meses.

Cada projeto deve contar com a participação de, pelo menos, 30 jovens.

Candidaturas

As candidaturas devem ser apresentadas à agência nacional do país do programa onde a organização candidata está estabelecida ou via Internet, no sítio Erasmus+ forms.

Mais informações

O Guia do Programa Erasmus+ constitui a principal fonte de informação sobre estas oportunidades.

Para mais informações, contacte as agências nacionais ou a Agência de Execução relativa à Educação, ao Audiovisual e à Cultura.

Compartilhe esta página