Como se candidatar

No âmbito do programa Erasmus+, existem diferentes oportunidades para organizações e indivíduos. No entanto, dependendo da parte do programa a que gostaria de candidatar-se, o procedimento de preparação e candidatura pode ser diferente. Deixe-nos guiá-lo através do processo:

Antes da candidatura:

Convite geral à apresentação de propostas

Todos os anos é publicado um convite geral à apresentação de propostas, apresentando as oportunidades de candidatura para organizações e pessoas com atividade nos domínios da educação, formação, juventude e desporto. No convite encontrará os objetivos do programa, uma visão geral das ações em que está repartido, as condições de elegibilidade dos potenciais participantes, o orçamento e a duração dos projetos e os prazos de candidatura para cada ação. Pode consultar o último convite à presentação de propostas na nossa Secção Convites. Além disso, são publicados centralmente alguns convites específicos à apresentação de propostas através do sítio web da Agência Executiva para a Educação, o Audiovisual e a Cultura (EACEA).

Guia do Programa

Uma descrição mais detalhada das condições e requisitos das ações a que pode candidatar-se no âmbito do convite geral está disponível no Guia do programa Erasmus+. É o documento chave para quem esteja interessado em candidatar-se, podendo ser consultado online ou descarregado em formato PDF.

Quem pode participar?

O Erasmus+ está aberto a uma diversidade de pessoas e organizações, embora as condições de elegibilidade variem de uma ação para outra e de um país para outro. Os países que podem participar estão repartidos em duas categorias principais:

  • Países do programa: podem participar plenamente em todas as ações do programa Erasmus+.
  • Países parceiros: podem participar em determinadas ações do programa sujeitas a critérios ou condições específicas.

Para mais informações sobre os países elegíveis, consulte a respetiva secção no Guia do programa Erasmus+.

registo

Antes de se candidatar a um financiamento como organização, precisa de obter um EU login. O Serviço de Autenticação do EU Login (anteriormente designado por ECAS) é um ponto de autenticação do utilizador para uma vasta gama de sistemas de informação da Comissão. Em seguida, precisa de ligar-se ao Portal do Participante utilizando os dados da sua conta EU login e registar a sua organização a fim de obter o Código de Identificação do Participante (PIC) de 9 dígitos. Se desejar inscrever-se individualmente, precisa de consultar a organização a que pertence (por exemplo, a sua universidade).

Como é gerido?

O programa Erasmus+ é gerido pela Comissão Europeia, a Agência Executiva para a Educação, o Audiovisual e a Cultura (EACEA), um conjunto de Agências Nacionais em todos os países do programa e um conjunto de Gabinetes Nacionais em alguns países parceiros.

As actividades centralizadas são geridas a nível europeu em Bruxelas pela Comissão Europeia e pela Agência Executiva para a Educação, o Audiovisual e a Cultura, também conhecida como Agência Executiva. Os projetos centralizados são maiores e com mais importância estratégica, sendo concebidos para lidar com questões específicas em toda a Europa.

As atividades descentralizadas são geridas diretamente pelas Agências Nacionais localizadas em cada país do programa, ou nos Gabinetes Nacionais do Erasmus+ fora da UE. A maioria destes projetos será implementada a nível nacional, regional ou local e centrar-se-á num intercâmbio entre países.

Para mais informações, visite a nossa a secção Como é gerido?

Oportunidades

Indivíduos

O Erasmus+ tem oportunidades para pessoas de todas as idades, ajudando-as a desenvolver e partilhar conhecimentos e experiências em instituições e organizações de diferentes países. Verifique que oportunidades se destinam a indivíduos estudantes, funcionários, estagiários, professores, jovens e trabalhadores jovens, e muito mais.

Organizações

O Erasmus+ dispõe de oportunidades para uma ampla gama de organizações, incluindo universidades, escolas, instituições de ensino e formação, think-tanks, institutos de investigação e empresas privadas. Saiba mais sobre as diferentes oportunidades disponíveis para organizações.

Processo de candidatura

Dependendo da parte do programa a que se candidatar, precisará de preencher um formulário de candidatura específico. Geralmente tratar-se-á de um formulário eletrónico/eForm (PDF) ou de um formulário Web. Um guia passo a passo explica como usar cada um dos formulários:

Depois de candidatar-se

Para mais informações sobre a avaliação e a verificação de candidaturas, consulte a Parte C – Informações para candidatos no Guia do Programa.

Compartilhe esta página