Erasmus+
Programa da UE para a educação, a formação, a juventude e o desporto
menu

Erasmus+ 30 anniversary logo

Descobrir o Erasmus+

O que representa o sinal «+» no Erasmus+?
Na realidade, os «+» deveriam ser muitos! Descubra todas as vantagens do Erasmus+ graças a estes jovens entusiastas que participaram no Erasmus+ por toda a Europa e não só e que nos contam as suas experiências nos vídeos aqui apresentados.

Discover Erasmus+

Ruth Frendo, 37

Adult Education

Ruth representou Malta num projeto Erasmus+ multinacional dedicado à inclusão social. No âmbito do projeto, Ruth entrevistou requerentes de asilo e refugiados em Malta e conseguiu estabelecer ligações pessoais com pessoas através das suas histórias. A investigação de Ruth foi traduzida para sete idiomas europeus e resultou na produção de um documentário educativo.

Roberto Breeveld, 30

School Education

Roberto é um professor de geografia que liderou dois projetos de eTwinning, organizando intercâmbios virtuais de estudantes com cinco países. Ao interagirem com pessoas de outras culturas, os alunos ganharam novas perspetivas e melhoraram o seu inglês. Atualmente, Roberto é um embaixador entusiasta de eTwinning.

Christina, Angela & Yuriy

International Cooperation

Christina, Angela e Yuriy são apenas três das muitas pessoas que estiveram envolvidas no projeto La MANCHE, um projeto para promover a modernização do ensino superior na Arménia, Bielorrússia, Geórgia, Moldávia e Ucrânia. Além destes países, o consórcio inclui cinco países da UE. Trata-se de um exemplo perfeito de colaboração e parceria estratégica que se tornou possível graças ao programa Erasmus+ e que promove o desenvolvimento sustentável.

Martina Caironi - 27

Paralympic winner

Martina Caironi tinha 22 anos de idade quando participou num intercâmbio Erasmus em Espanha. O facto de fazer tudo sozinha aumentou a sua autoconfiança. Dois meses após o fim da sua estadia no âmbito do programa Erasmus, Martina ganhou uma medalha de ouro nos Jogos Paralímpicos de Londres de 2012. Nos Jogos Paralímpicos do Rio de Janeiro de 2016, ganhou uma medalha de ouro na corrida dos 100 metros e uma medalha de prata no salto em comprimento.

Gellért Szó, 28

Vocational and Educational Training

Gellért teve a oportunidade de aprender alguns truques do ofício com pasteleiros de prestígio em França. A sua experiência de três semanas foi de tal forma inspiradora que lhe permitiu ganhar o concurso de Melhor Bolo na Hungria. Duas vezes. Atualmente, é o feliz proprietário de duas pastelarias em duas cidades diferentes.

Alexandro, Wassim & Aaliyah, 8 > 12

School Education

Wassim, Alexandro e Aaliyah participaram n'«A incrível viagem culinária dos nossos alunos europeus", um projeto que reuniu crianças de escolas de zonas desfavorecidas de Bruxelas (Bélgica) e Bobigny (França). Ao fazerem receitas típicas da cozinha dos países de origem dos seus pais, os alunos desenvolveram competências-chave como a matemática e o respeito por outras culturas.

Tania Habimana, 27

Higher Education

Tania Habimana cresceu no Reino Unido e na Bélgica. Com o programa Erasmus, estudou gestão empresarial internacional e alemão. Atualmente, Tania tem um programa de televisão denominado Tailored Business, que documenta as suas viagens por África, onde faz fatos por medida para várias pessoas, as quais também entrevista. Tania apoia publicamente a causa de muitas mulheres empreendedoras e espera que o seu programa de televisão inspire muitas mais a explorar os seus próprios talentos empresariais.

Mina Jaf, 28

European Voluntary Service

Tendo saído do Curdistão iraquiano em criança, Mina viu crescer a sua paixão pela proteção dos direitos dos refugiados. Em 2015, participou como voluntária na Vluchtelingenwerk Vlaanderen (Ação Flamenga para os Refugiados) durante um ano. A experiência permitiu-lhe desenvolver as suas próprias competências, linguísticas, de gestão, de liderança e coordenação. Mais tarde, Mina fundou a sua própria ONG denominada Women Refugee Route, que tem como objetivo fornecer informações e prestar serviços a mulheres e meninas, ao longo do seu percurso, aumentando a sua visibilidade. Em 2016, Mina venceu o Prémio Vozes da Coragem, atribuído pela Comissão para Mulheres Refugiadas.