Representação em Portugal

Ano de 2018 proclamado Ano Europeu do Património Cultural

/portugal/file/aepc2018jpg_ptAEPC_2018.jpg

Ana Europeu Património Cultural
© UE

Com base numa proposta da Comissão Europeia, o Parlamento Europeu decidiu proclamar o ano de 2018 como o «Ano Europeu do Património Cultural». Os objetivos do Ano Europeu são encorajar as pessoas a explorar o rico e diverso património cultural da Europa, celebrar, conhecer e proteger o seu valor único e refletir no papel que o património cultural tem na nossa vida.

25/10/2017

O lançamento oficial do Ano Europeu do Património Cultural tem lugar a 7 e 8 de dezembro. Pretende-se incentivar e apoiar, por meio do intercâmbio de experiências e boas práticas, os esforços da União, dos Estados-Membros e das autoridades regionais e locais para proteger, salvaguardar, valorizar e promover o património cultural europeu na UE.

Este património permite-nos compreender o passado e olhar para o futuro. Ao focar-se no património cultural, a Comissão Europeia pretende sublinhar a forma de construir sociedades mais fortes, criar empregos e prosperidade, destacar a sua importância nas relações da Europa com o resto do mundo e o que podemos fazer para proteger esse património.

Para alcançar os objetivos mencionados, a proposta da Comissão prevê, entre outras atividades:

  • Conferências, eventos e iniciativas para promover o debate, sensibilizar para a importância e o valor do património cultural;
  • Campanhas de informação, educação e sensibilização para transmitir valores como a diversidade e o diálogo intercultural;
  • A partilha de experiências e boas práticas de administrações nacionais, regionais e locais e outras organizações, a fim de divulgar informações sobre o património cultural;
  • Estudos e de atividades de investigação e de inovação e a divulgação dos seus resultados à escala nacional ou europeia.

Pretende-se, assim, incentivar uma abordagem centrada nos cidadãos, inclusiva, prospetiva, mais integrada e transectorial a fim de tornar o património acessível a todos e promover, através do debate e da partilha de experiências, modelos inovadores de governação a vários níveis e de gestão do património cultural que envolvam todas as partes interessadas.

/portugal/file/european-year-cultural-heritage-2018_ptEuropean Year of Cultural Heritage 2018

Para cada Estado-Membro foi designado um Coordenador Nacional para o Ano Europeu do Património Cultural 2018, tendo esta responsabilidade sido delegada no Centro Nacional de Cultura na pessoa do seu presidente, Guilherme d'Oliveira Martins. A agilização prática das iniciativas e eventos relacionados com o Ano Europeu do Património Cultural está a cargo da Direção-Geral do Património Cultural, responsável pela gestão do património cultural em Portugal continental.

A ideia do Ano Europeu do Património Cultural foi referida pela primeira vez em 2014 numas conclusões do Conselho sobre a governação participativa do património cultural. O Parlamento Europeu e a Comissão apoiaram firmemente esta ideia, tendo a Comissão apresentado a sua proposta sobre o Ano Europeu do Património Cultural em agosto de 2016.

Ligações úteis:

Siga as atividades do Ano Europeu do Património Cultural nas redes sociais (Twitter, Instagram e Facebook) com a hashtag #EuropeForCulture