Ações

Parceria Oriental
coordinationno status

Esta iniciativa conjunta visa aprofundar e reforçar as relações entre a União Europeia e seis países vizinhos a leste: a Arménia, o Azerbaijão, a Bielorrússia, a Geórgia, a Moldávia e a Ucrânia.

Vizinhança Meridional
coordinationno status

Cooperação da UE com dez países vizinhos meridionais: Argélia, Egito, Israel, Jordânia, Líbano, Líbia, Marrocos, Palestina*, Síria e Tunísia.

Cooperação com os países situados ao longo das fronteiras externas da UE
coordinationno status

A cooperação transfronteiras apoia o desenvolvimento sustentável ao longo das fronteiras terrestres e marítimas partilhadas entre um país da UE e um país vizinho da UE.

Cooperação com os países vizinhos
coordinationno status

Alguns programas de cooperação são realizados com todos os países parceiros abrangidos pela política europeia de vizinhança no seu conjunto e não a nível bilateral ou regional.

Objectives

  • estabiliza os países limítrofes da UE, apoiando o desenvolvimento económico, o emprego, a juventude, a conectividade em matéria de transportes e de energia, a migração, a mobilidade e a segurança
  • promove os interesses prioritários da UE em matéria de boa governação, democracia, Estado de direito e direitos humanos
  • incentiva a cooperação regional, em particular no quadro da Parceria Oriental e da União para o Mediterrâneo

Contexto

A política europeia de vizinhança cria um enquadramento para parcerias mais eficazes e mais fortes com os países vizinhos da UE, tanto a leste como a sul, e que assenta em interesses e medidas comuns. 

Através do Instrumento Europeu de Vizinhança, a UE promove financeiramente a estabilidade e a cooperação com esses países.

Documentos

  • Revisão da política europeia de vizinhança
    Comunicação18 Novembro 2015

    Revisão da política europeia de vizinhança

    A fim de analisar a forma como a UE e os seus países vizinhos podem criar parcerias mais eficazes, o Presidente Juncker propôs e os países da UE solicitaram que fosse efetuada uma revisão da política europeia de vizinhança.