Metas:

  • Emprego
    • - garantir uma taxa de emprego de 75% na faixa etária entre os 20 e os 64 anos
  • Investigação e Desenvolvimento (I&D)
    • - investir 3% do PIB da UE em I&D
  • Alterações climáticas e energia
    • - reduzir em 20% as emissões de gases com efeito de estufa em relação aos níveis de 1990
    • - aumentar para 20% a parte da energia proveniente de fontes renováveis
    • - aumentar em 20% a eficiência energética
  • Educação
    • - reduzir para menos de 10% a taxa de abandono escolar
    • - aumentar para, pelo menos, 40% a percentagem de pessoas entre os 30 e os 34 anos que concluíram estudos superiores
  • Pobreza e exclusão social
    • - diminuir em, pelo menos, 20 milhões o número de pessoas em situação de risco de pobreza e exclusão social

Características destas metas

  • Dão uma visão global da evolução preconizada para a UE até 2020 no que respeita a certos parâmetros essenciais.
  • São traduzidas em metas nacionais de forma a que cada país da UE possa avaliar os seus próprios progressos relativamente a cada uma delas.
  • Trata-se de metas comuns para todos os países da UE, que devem ser atingidas através de uma combinação de medidas tomadas a nível nacional e da UE.
  • Estão interligadas, reforçando-se mutuamente:
    • a melhoria da educação contribui para o aumento do emprego e para a redução da pobreza
    • uma economia baseada em mais I&D e inovação, bem como numa utilização mais eficiente da energia, torna-nos mais competitivos e cria postos de trabalho
    • o investimento em tecnologias mais limpas contribui para a luta contra as alterações climáticas e cria novas oportunidades comerciais e de emprego

Como é aplicada a estratégia?

A estratégia Europa 2020 funciona como um quadro de referência para atividades a nível da UE e a nível nacional e regional.

Os governos dos países da UE estabeleceram metas nacionais para ajudar a atingir as metas gerais da UE e fornecem informações sobre os progressos realizados nesse sentido nos seus programas nacionais de reformas anuais. Para mais informações, ver as metas e os relatórios nacionais.

Como é controlada a estratégia?

O Eurostat, o serviço de estatística da UE, publica regularmente relatórios intercalares completos sobre o cumprimento das metas.

Em 2014-15, a Comissão efetuou uma análise intercalar da estratégia Europa 2020, que incluiu uma consulta pública e revelou que a estratégia ainda é considerada um quadro adequado para promover o crescimento e o emprego.

Na sequência dessa análise, a Comissão decidiu continuar a aplicar a estratégia, acompanhando essa aplicação através do chamado Semestre Europeu.