• Eventos

Notícias


<< Voltar à lista de notícias

«O teu primeiro emprego EURES» ajuda jovens farmacêuticos portugueses a encontrar trabalho na Escandinávia

A indústria farmacêutica da Suécia sofreu uma transformação em 2009, tendo a regulamentação do mercado monopolizado pelo Estado sido alterada no sentido de abrir as portas ao setor privado.
Picture

A escassez de farmacêuticos qualificados que se seguiu à explosão do mercado, aliada a um cenário de envelhecimento da população, dificultou o recrutamento de profissionais dentro da Suécia.

Em Portugal, por outro lado, existiam – e ainda existem – demasiados farmacêuticos para os empregos disponíveis, devido, em grande parte, às consequências da crise financeira. Vendo uma oportunidade para criar benefícios mútuos, a LloydsApotek, na Suécia, juntamente com a sua parceira norueguesa, a Vitusapotek, estabeleceu uma parceria com a EURES Portugal para recrutar farmacêuticos através do programa «O teu primeiro emprego EURES» (YfEj).

Os funcionários da LloydsApotek na Suécia trabalham em parceria com os seus homólogos na Noruega, que têm necessidades de recrutamento semelhantes. Segundo Mia Makower, que trabalha como HR Business Partner na LloydsApotek na Suécia e é responsável pelo recrutamento internacional, o processo de recrutamento é também apoiado, do princípio ao fim, por conselheiros EURES nos três países.

«Tudo é feito em colaboração com colegas da EURES», explica Mia. «Existe uma parceria ao longo de todo o processo.»

«Os dois conselheiros EURES na Suécia e na Noruega trabalham em estreita colaboração neste processo e mantêm também uma estreita colaboração com os conselheiros EURES em Portugal.»

A EURES ajuda a promover oportunidades de emprego na LloydsApotek e na Vitusapotek junto dos candidatos a emprego em Portugal, recolhe os CV dos candidatos interessados e põe-nos em contacto com Mia e os seus colegas. Um dos muitos farmacêuticos que a LloydsApotek recrutou de Portugal é Andreia Carona, 27 anos, que começou a trabalhar na empresa na primavera de 2016.

«Esta aventura começou em setembro de 2015, quando vi a oferta de emprego no portal EURES», recorda Andreia. «A empresa deslocou-se a Portugal para falar sobre o emprego e foram os conselheiros EURES que nos informaram sobre o programa YfEj.»

A sua motivação para viver e trabalhar no estrangeiro era clara: «Tinha emprego em Portugal, mas as oportunidades e o salário não eram o que eu esperava depois de cinco anos na universidade e com a minha experiência. Sempre pensei em trabalhar no estrangeiro e foi por isso que me candidatei a este emprego.»

Andreia recebeu apoio financeiro do YfEj para participar na entrevista no Porto e para obter o reconhecimento das suas qualificações académicas no estrangeiro. A LloydsApotek também organizou um curso de língua sueca que Andreia deveria concluir em Portugal antes da sua partida, uma vez que os funcionários têm de demonstrar proficiência nesta língua para obterem a sua licença de farmacêutico. Agora, Andreia fala e escreve em sueco todos os dias no trabalho.

Andreia não se cansa de elogiar o apoio que recebeu tanto do YfEj como do seu empregador. «O conselheiro EURES desempenhou um papel fundamental em todo o processo e é ideal ter alguém a quem podemos telefonar se tivermos alguma dúvida», diz ela. «A empresa também faz um ótimo trabalho e apoia-nos em tudo.»

Mia tem uma opinião igualmente positiva do programa YfEj e da colaboração da empresa com a EURES. Considera que é essencial que as pessoas recebam todo o apoio de que necessitam quando se mudam para outro país, tanto dentro como fora do local de trabalho. «A mudança envolve pessoas – não números», afirma Mia. «Quando uma pessoa se muda de um país para outro, é necessário que receba apoio de ambos os lados, e é aqui que entra a EURES.»

«A maior vantagem é que temos alguém lá [em Portugal] que fala a língua, alguém que conhece os seus receios e preocupações e que pode falar com eles pessoalmente. Depois, quando vêm para cá [para a Suécia], para além de mim, têm um conselheiro EURES que trabalha em conjunto com eles e os ajuda em tudo o que precisarem.»

A EURES tem sido muito procurada pelos empregadores na Suécia, e não são só as empresas da indústria farmacêutica que necessitam de apoio: «Precisamos de dentistas, higienistas orais, enfermeiros, cirurgiões, médicos, chefs, todos os tipos de profissões», explica Mia.

Graças à sua produtiva colaboração com a EURES, a LloydsApotek tem vindo a recrutar farmacêuticos de Portugal há vários anos – alguns dos quais acabaram por se tornar gestores – e seis novos funcionários portugueses deverão ingressar na empresa perto do final do ano. Mia espera que também Andreia permaneça na empresa por muito tempo e venha a assumir um cargo de gestão.

Naturalmente, pode ser difícil deixar a família e os amigos quando uma pessoa se muda para o estrangeiro, e nem sempre é fácil fazer planos de longo prazo num novo país. A experiência de Andreia foi facilitada pelo facto de o seu namorado, Pedro, se ter também mudado para a Suécia no verão de 2017, depois de ter obtido emprego como engenheiro solar. Pedro também recebeu ajuda do YfEj com a sua candidatura e beneficiou de apoio financeiro quando chegou à Suécia.

Andreia afirma que recomendaria a sua experiência com o YfEj a outros jovens europeus: «Na minha opinião, este programa é muito bom para quem quiser experimentar coisas novas, com apoio e empresas sérias.»

O teu primeiro emprego EURES é um programa de mobilidade profissional da União Europeia. Para saber mais sobre as oportunidades de emprego e de formação em toda a UE ou para encontrar trabalhadores com as competências de que precisa, contacte um dos serviços de emprego do programa ou o seu Conselheiro EURES local através do portal EURES.

 

Ligações úteis:

Reuters - A Suécia precisa de mais imigrantes para contrabalançar o envelhecimento da população

O teu primeiro emprego EURES

Portal EURES

 

Informações adicionais:

Jornadas Europeias do Emprego

Drop’pin@EURES

Encontrar um Conselheiro EURES

Condições de vida e de trabalho nos países EURES

Base de ofertas de emprego EURES

Serviços EURES para empregadores

Calendário de Eventos EURES

Próximos Eventos em linha

A EURES no Facebook

A EURES no Twitter

A EURES no LinkedIn

 

Declaração de exoneração de responsabilidade: nem a EURES nem a Comissão Europeia assumem qualquer tipo de responsabilidade relativamente aos sítios Web de terceiros acima mencionados.

26/10/2018

<< Voltar à lista de notícias
 
declaração de exoneração de responsabilidade

Os artigos de "Em foco..." destinam-se a fornecer aos utilizadores do portal EURES informações sobre tópicos e tendências actuais e a promover a discussão e o debate. Não reflectem necessariamente a posição da Comissão Europeia.