• Eventos

Notícias


<< Voltar à lista de notícias

Preparar uma mudança para o estrangeiro

Trabalhar no estrangeiro até pode ser um trunfo para a sua carreira, mas também é um grande desafio. Já tomou a sua decisão e aceitou o emprego. Agora, não se deixe levar pelo entusiasmo do momento, pois ainda tem muito para organizar. A rede EURES dá-lhe uma ajuda.
Picture

Restrições de viagem relacionadas com a COVID-19

Em primeiro lugar, verifique se o seu país e o país de destino permitem viagens internacionais. Fale com a empresa se tiver dúvidas. Até poderá ser aconselhado a trabalhar em casa até ao levantamento das restrições. Para obter informações atualizadas sobre as viagens na Europa, consulte a plataforma Re-open EU.

 

Vistos, passaportes e autorizações de trabalho

A UE garante a livre circulação dos seus cidadãos, o que significa que os cidadãos da UE podem optar por viver e trabalhar em qualquer Estado-Membro ou país do Espaço Económico Europeu (Islândia, Listenstaine e Noruega). No entanto, podem aplicar-se algumas restrições aos cidadãos da Croácia e de países terceiros, pelo que deverá informar-se sobre os requisitos do país de acolhimento.

Não se esqueça de verificar o tipo de documento de identificação de que necessita para viajar. Poderá ser um passaporte internacional, um visto ou simplesmente um cartão de identificação – tudo depende do país de origem e do de destino. O documento de viagem também deverá ter seis meses de validade, pelo menos.

Se é cidadão do Reino Unido ou está a ponderar ir viver para este país, consulte estas perguntas e respostas sobre os direitos dos cidadãos da UE e do Reino Unido e as informações e orientações do governo do Reino Unido sobre o Brexit.

 

Número de segurança social

Em alguns países, poderá ter de solicitar um número de segurança social ou registar-se junto das autoridades locais. Ter este número pode ser importante para aceder a serviços essenciais, como assistência médica, e mesmo obrigatório para trabalhar. Alguns países permitem tratar deste assunto com antecedência.

Se é cidadão da UE, peça o Cartão Europeu de Seguro de Doença gratuito, que lhe dará alguma tranquilidade em caso de doença, enquanto não tem os documentos tratados.

 

Alojamento

Hoje em dia, a Internet facilita a pesquisa e a seleção de alojamento à distância. Procure os sítios Web de alojamento mais populares no seu país de acolhimento. Poderá não ser a casa perfeita, mas o importante é ter algo garantido para os primeiros tempos. Uma vez estabelecido, poderá sempre procurar um alojamento com melhores condições.

Fique atento às burlas e desconfie de senhorios que peçam para enviar dinheiro antecipadamente através de Western Union ou MoneyGram.

 

Língua

Em muitos países europeus, conseguirá comunicar com o inglês, mas também há outros tantos em que só o inglês não chega. Em alguns países, há aulas de língua gratuitas ou a preços acessíveis para os expatriados. Pode pesquisá-las com antecedência, mas também pode começar a aprender o idioma ainda em casa, com uma das múltiplas ferramentas de aprendizagem de línguas disponíveis em linha.

 

Conta bancária

Abrir conta bancária não será uma atividade apaixonante, mas é crucial para começar um novo emprego no estrangeiro. Em alguns países, revela-se mais complicado do que obter o número de segurança social, pelo que é melhor informar-se sobre o tipo de documentos a apresentar. É possível que haja bancos ou tipos de contas recomendados para expatriados.

 

Poupanças

Ir viver para o estrangeiro acarreta custos consideráveis, desde as despesas de viagem ao pagamento antecipado de pelo menos um mês de renda e da caução. Poderá também ter de adquirir artigos como roupa de cama ou, inclusivamente, móveis. Em muitos empregos, é necessário esperar um mês, ou mais, para auferir o primeiro salário. Assim, pergunte quando irá receber e poupe o suficiente para ter dinheiro até essa data.

 

Em caso de dúvidas sobre trabalhar no estrangeiro, consulte a secção Viver e Trabalhar da rede EURES e não hesite em pedir ajuda ao seu conselheiro EURES.

 

Ligações úteis:

Período de transição do Brexit

Cartão Europeu de Seguro de Doença

Ferramentas de aprendizagem de línguas gratuitas para ajudar a melhorar as competências em casa

Livre circulação – cidadãos da UE

Viver e Trabalhar

Perguntas e respostas – os direitos dos cidadãos da União Europeia e do Reino Unido previstos no Acordo de Saída

Re-open EU

Pesquisar conselheiros EURES

Autorizações de trabalho

 

Informações adicionais:

Jornadas Europeias do Emprego

Drop’pin@EURES

Encontrar conselheiros EURES

Condições de vida e de trabalho nos países EURES

Base de dados de ofertas de emprego EURES

Serviços EURES para empregadores

Calendário de eventos EURES

Próximos eventos em linha

A EURES no Facebook

A EURES no Twitter

A EURES no LinkedIn

 

Declaração de exoneração de responsabilidade: Nem a EURES nem a Comissão Europeia assumem qualquer responsabilidade relativamente aos sítios Web de terceiros acima mencionados.

04/12/2020

<< Voltar à lista de notícias
 
declaração de exoneração de responsabilidade

Os artigos de "Em foco..." destinam-se a fornecer aos utilizadores do portal EURES informações sobre tópicos e tendências actuais e a promover a discussão e o debate. Não reflectem necessariamente a posição da Comissão Europeia.