Percurso de navegação

Outras ferramentas

  • Visualização pré-impressão
  • Reduzir texto
  • Ampliar texto

Siga-nos

Facebook

O capital natural

Nem sempre nos lembramos, mas a nossa própria existência depende da natureza. É a natureza que nos dá os elementos fundadores da nossa sociedade: os solos onde cultivamos os alimentos, as matérias-primas de que necessitamos para fazer as roupas com que nos vestimos e os edifícios onde nos abrigamos, a água que bebemos, o ar que respiramos... É esse conjunto de elementos que constitui o «capital natural», que deve ser protegido.

A UE adotou legislação para preservar o capital natural e garantir a sua transmissão às futuras gerações. A Diretiva-Quadro Água garante a boa qualidade das águas doces, a Diretiva-Quadro Estratégia Marinha protege os nossos mares, a Diretiva Qualidade do Ar previne a poluição atmosférica, as Diretivas Habitats e Aves protegem a vida selvagem e o espaço de que esta necessita para sobreviver.

A legislação em vigor em domínios como a luta contra as alterações climáticas, as substâncias químicas, as emissões da indústria ou os resíduos também ajudam a preservar o nosso capital natural e a protegê-lo de eventuais danos.

Esta secção contém informações sobre a biodiversidade, as ameaças que pesam sobre a vida selvagem, os mares, os solos e as florestas e os esforços da UE para proteger o capital natural através da rede Natura 2000 e do instrumento de financiamento LIFE+.