Percurso de navegação

Outras ferramentas

  • Instagram
  • Visualização pré-impressão
  • Reduzir texto
  • Ampliar texto

Siga-nos

Facebook

Eficiência dos recursos

O aumento da reciclagem e uma utilização mais eficiente dos recursos contribuirão para aliviar a pressão sobre os recursos naturais, cada vez mais raros.

O crescimento da economia mundial exerce uma pressão insustentável sobre os recursos do nosso planeta. Esta situação terá tendência a piorar à medida que a população mundial se aproxima dos nove mil milhões de pessoas. A intensificação da concorrência por recursos limitados levará a um aumento dos preços e da instabilidade à escala mundial, com um enorme impacto na economia europeia.

É por esta razão que a UE insiste na «eficiência dos recursos», ou seja , na necessidade de utilizar os recursos de forma mais sustentável. Matérias-primas como a água, os minerais ou a madeira devem ser geridas de forma mais eficiente ao longo de todo o seu ciclo de vida, da extração à eliminação final.

Uma menor dependência de recursos que são bastante limitados tornará a Europa menos vulnerável a eventuais falhas no abastecimento e à volatilidade dos preços de mercado. As tecnologias verdes, as energias renováveis, as indústrias ambientais e a reciclagem podem dar um contributo importante. Todos terão a ganhar com uma maior uma eficiência dos recursos: se continuássemos a utilizar os recursos ao ritmo atual, em 2050 seria necessário o equivalente a dois planetas e meio para nos sustentar.

A indústria alimentar, os edifícios e os transportes são responsáveis por três quartos do impacto da atividade humana. É por este motivo que precisamos de mudar a forma como produzimos e consumimos alimentos, melhorar as infraestruturas e tornar os transportes menos poluentes. Repensar a conceção dos produtos torná-los-á melhores para as pessoas e para o ambiente.

Para que haja uma mudança, é necessário dar os sinais certos em termos de preços. A Europa precisa de políticas claras para que estas transformações se possam concretizar.

A UE defende um crescimento da economia que tenha em conta os condicionalismos em matéria de recursos e os limites do planeta. Para garantir uma utilização mais eficiente dos recursos, é preciso que milhões de empresas e consumidores mudem a forma como produzem e consomem. Todos os intervenientes têm de se assegurar de que a política, o financiamento, o investimento, a inovação e a investigação evoluem na mesma direção.

A estratégia de crescimento Europa 2020 visa transformar a economia europeia numa economia inteligente, sustentável e inclusiva. Um dos seus alicerces é o «Roteiro para uma Europa eficiente na utilização dos recursos». Este roteiro aponta o caminho para uma economia mais sustentável e prevê iniciativas políticas que visam incentivar uma maior inovação com benefícios económicos e ambientais a curto e longo prazo.