De que se trata?

As crianças que aprendem línguas estrangeiras desde muito cedo têm mais facilidade para aprender novas línguas e, em geral, têm também um melhor nível de língua materna e um melhor desempenho noutras áreas. Por essa razão, os Ministros da Educação europeus são a favor do ensino precoce de, pelo menos, duas línguas estrangeiras.

Por que motivo é necessária a intervenção da Comissão?

Além de criar condições para o êxito de uma futura aprendizagem, a aprendizagem precoce de línguas pode ser determinante para uma atitude positiva perante outras línguas e culturas. Esta é a principal motivação para as várias iniciativas da Comissão destinadas a promover a aprendizagem precoce de línguas e apoiar a investigação nesta área.

O que foi feito até à data

Foi criado na Comissão um grupo de especialistas nacionais no domínio da aprendizagem precoce de línguas no ensino pré-primário, encarregado de trocar informações sobre a situação nos vários países e de elaborar recomendações sobre políticas neste domínio, bem como orientações para a aplicação dessas políticas.

Os resultados do trabalho e dos deste grupo foram publicados sob a forma de um manual pdf (172 kB) English em 2011.

De 2007 a 2013, o Programa de Aprendizagem ao Longo da Vida (PALV) da UE ofereceu variadas oportunidades relacionadas com as línguas, apoiando, nomeadamente, a realização de períodos de estudo, estágios ou períodos de aprendizagem profissional no estrangeiro.
Graças a estas iniciativas, os participantes tiveram uma experiência direta de ensino e aprendizagem noutra língua europeia num país e num sistema educativo diferentes do seu.

Próximas etapas

O programa Erasmus+ dará continuidade ao trabalho realizado no âmbito do PALV, introduzindo igualmente novas oportunidades, como a de criar parcerias estratégicas no domínio da aprendizagem precoce de línguas.

A aprendizagem precoce de línguas será também debatida no quadro da estratégia mais ampla da Comissão sobre Educação e acolhimento na primeira infância.

Saiba mais

  • Manual sobre a aprendizagem precoce de línguas
    • Manual sobre a aprendizagem precoce de línguas (2011) pdf (172 kB) English
    • Aprendizagem precoce de línguas - boas práticas pdf (487 kB) English
    • Aprendizagem precoce de línguas - boas práticas - resumos por país pdf (549 kB) English