O ensino superior europeu no mundo

O ensino superior tem um caráter cada vez mais internacional. A forte dimensão internacional do Erasmus+ tem em conta esta realidade, promovendo a mobilidade e a cooperação entre universidades dos países da UE e do resto do mundo.

De que se trata?

O ensino superior tem um caráter cada vez mais internacional. A forte dimensão internacional do Erasmus+ tem em conta esta realidade, promovendo a mobilidade e a cooperação entre universidades dos países da UE e do resto do mundo.

O que está a ser feito neste domínio?

A cooperação internacional traz benefícios tanto para os países da UE como para os outros. Na Europa, contribui para:

  • melhorar a qualidade geral do ensino europeu, facilitando a aprendizagem entre pares, a cooperação e a comparação com outros estabelecimentos de ensino do resto do mundo
  • estimular a inovação e a criação de emprego, atraindo estudantes internacionais e migrantes qualificados
  • alargar os horizontes dos estudantes, aumentando a sua empregabilidade e preparando-os para se tornarem cidadãos do mundo
  • influenciar e chegar a novos públicos de uma forma que reforce a posição da UE no mundo

Para os países parceiros do resto do mundo, o apoio ao ensino é um fator essencial para os ajudar a constituir uma base de capital humano sólida e impulsionar o seu desenvolvimento, conforme reconhecido nos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável das Nações Unidas.

  • Desde 2014, todos os países do mundo têm acesso ao Erasmus+ com o objetivo de contribuir para a redução da pobreza e o crescimento inclusivo, bem como para o reforço das capacidades. O Erasmus+ apoia a modernização de programas curriculares, melhora a qualidade do ensino e da aprendizagem e promove uma governação mais transparente, bem como a cooperação entre as universidades e as empresas.
  • O Erasmus+ faz parte integrante da política e dos objetivos mais vastos da UE no mundo, que passam por melhorar a compreensão e a visibilidade generalizadas da UE e promover os seus valores e interesses graças a contactos interpessoais e da diplomacia pública.

Porque é necessário agir neste domínio?

A cooperação internacional ajuda a UE a cumprir dois tipos de objetivos políticos:

Para saber mais sobre os resultados da cooperação internacional no quadro do programa Erasmus+ num determinado país ou região, consulte as fichas informativas internacionais.

  1. as prioridades da política interna da UE em matéria de excelência, de atração de talentos e de diplomacia pública
  2. a projeção externa das políticas internas da UE relacionadas com a solidariedade, o alargamento, a política de vizinhança, o desenvolvimento humano, a criação de capacidades, a migração, o apoio aos refugiados e o diálogo intercultural, nomeadamente em apoio do objetivo de desenvolvimento sustentável n.º 4 que preconiza uma educação de qualidade

Para saber mais sobre os resultados da cooperação internacional no quadro do programa Erasmus+ num determinado país ou região, consulte as fichas informativas internacionais.