Educação para o crescimento e o emprego

As ações da UE no domínio do ensino e da formação são fundamentais para os progressos económicos e sociais na Europa.

A importância da educação para o emprego e a economia da UE

Uma educação eficaz é uma educação que permite alinhar as competências da mão de obra pelas necessidades da economia europeia.

Na atual economia cada vez mais globalizada, a UE necessita de mão de obra qualificada para assegurar a maior produtividade possível e uma inovação constante. Políticas de educação e formação eficazes podem também contribuir para o desenvolvimento pessoal, incentivar a cidadania ativa e reforçar a equidade, bem como promover a inclusão social e a integração

No entanto, dados recentes apontam para um desfasamento crescente entre as competências adquiridas no quadro do ensino e da formação e as competências exigidas pelo mercado de trabalho. Concretamente, em toda a UE, 20% da população em idade ativa tem um nível baixo de competências no domínio da literacia e da numeracia.

Esta realidade limita o potencial de desenvolvimento pessoal e as possibilidades de encontrar emprego, sendo também um fator que fragiliza o crescimento económico.

O papel da UE na melhoria da educação e da formação 

Embora cada país seja responsável pelo seu próprio sistema de ensino e formação, a UE desempenha um papel fundamental ao apoiar e complementar os esforços dos países da UE para melhorarem e modernizarem os sistemas de educação nacionais.

A Estratégia Europa 2020 estabelece metas a nível da UE para reduzir para menos de 10% o número de jovens que abandonam a escola e aumentar para, pelo menos, 40% a percentagem de diplomados do ensino superior até 2020.

Os objetivos, instrumentos e modalidades da colaboração a nível da UE são definidos no quadro estratégico para a cooperação europeia no domínio da educação e da formação (EF2020), que está em vigor até 2020.

O acompanhamento dos progressos é feito recorrendo a indicadores e a uma série de valores de referência. No âmbito da Estratégia Europa 2020 e do Semestre Europeu:

  • A UE efetua análises por país para ajudar os Estados-Membros a definirem a sua política de ensino e formação e acompanhar os progressos na realização das reformas necessárias. Estas análises respondem a desafios identificados a nível europeu, nacional e regional e têm por objetivo apoiar a aprendizagem entre pares e o intercâmbio de boas práticas, nomeadamente identificando áreas que necessitam de investimento.
  • Todos os anos, os países da UE podem receber orientações específicas sobre reformas prioritárias, sob a forma de recomendações específicas por país.
  • A UE promove também uma série de atividades de consulta e cooperação com partes interessadas, tais como instituições de ensino e formação, representantes da sociedade civil, empresas, parceiros sociais e associações profissionais.

O Fórum Europeu da Educação, Formação e Juventude constitui uma plataforma de intercâmbio de pontos de vista entre várias partes interessadas no domínio da educação, da formação e da juventude.