Sobre o FEIE

O Fundo Europeu para Investimentos Estratégicos (FEIE) é o pilar central do Plano de Investimento para a Europa. O seu objetivo é lutar contra a falta de confiança e de investimentos que resultou da crise económica e financeira e utilizar a liquidez nas mãos de instituições financeiras, empresas e indivíduos num momento em que os recursos públicos são escassos.

A Comissão colabora com o seu parceiro estratégico, o Grupo do Banco Europeu de Investimento (BEI). O FEIE apoia investimentos estratégicos em domínios fundamentais, como as infraestruturas, a eficiência energética e as energias renováveis, a investigação e a inovação, o ambiente, a agricultura, a tecnologia digital, a educação, a saúde e os projetos sociais. Além disso, ajuda as pequenas empresas em fase de arranque a crescer e a expandir-se através da disponibilização de financiamento de risco.

Como funciona?

O FEIE é uma garantia do orçamento da UE que dá ao Grupo BEI uma proteção contra perdas de primeiro grau, permitindo-lhe disponibilizar financiamento para projetos de risco mais elevado do que o normal. A decisão de considerar um projeto elegível para o apoio do FEIE é tomada por comité de investimento independente que utiliza critérios estritos. Não existem quotas por setor ou por país. O financiamento é puramente baseado na procura.

FEIE 2.0

Dado o êxito do FEIE, o Presidente Juncker anunciou, no seu discurso de 2016 sobre o estado da União, uma proposta para prorrogar o seu período de vigência e a sua capacidade para impulsionar ainda mais o investimento: o chamado «FEIE 2.0». A proposta visa alargar o período inicial de três anos, que tinha como meta um volume de investimento de 315 mil milhões de euros, para que se alcancem investimentos de, pelo menos, 500 mil milhões de euros até 2020. Além disso, coloca maior ênfase na adicionalidade, em projetos transfronteiriços e em projetos que contribuam para a realização dos compromissos assumidos na COP21, apoiando as PME e melhorando a cobertura geográfica do FEIE. O Parlamento Europeu e os países da UE estão na fase final das negociações.

Como candidatar-se a financiamento

Esta página do BEI explica aos interessados (quer se trate de entidades públicas ou privadas, instituições financeiras, fundos, plataformas ou SME) como solicitar financiamento do FEIE.