Percurso de navegação

Outras ferramentas

  • Visualização pré-impressão 
  • Reduzir texto 
  • Ampliar texto 

Redes transeuropeias (RTE)

A UE pretende facilitar a circulação de bens e pessoas entre os respectivos países através da ligação das redes rodoviárias nacionais. Será, eventualmente, responsável pelas auditorias de segurança da nova rede.

A maior parte das redes rodoviárias da UE foram desenvolvidas numa perspectiva nacional. O objectivo da Rede Transeuropeia de Transportes é criar uma rede de infra-estruturas que facilite a circulação de bens e pessoas entre os países da UE.

Essa rede deverá abranger 90 000 km de auto-estradas e estradas de elevada qualidade até 2020.

A UE terá também um papel na gestão da segurança das estradas que fazem parte das RTE mediante auditorias de segurança na fase de concepção e inspecções periódicas das condições de segurança da rede rodoviária.

Foram também financiados pela UE projectos de inspecção e auditoria, tais como o projecto RIPCORD-ISERESTpdf, no âmbito do qual se analisaram diferentes métodos para a realização das inspecções de segurança rodoviária. Desse estudo resultaram recomendações de boas práticas em matéria de inspecções de segurança rodoviária.

Foi também elaborado um programa de formação para auditores de segurança rodoviária no âmbito do projecto EURO-AUDITSpdf. Tornou-se necessário organizar este tipo de programas de formação na sequência da nova legislação da UE que obriga a auditorias em todas as redes rodoviárias de todos os países da UE, alguns dos quais possuem pouca experiência neste domínio.

Mais sobre este assunto

Useful links

 

Legislation