Percurso de navegação

Outras ferramentas

  • Visualização pré-impressão 
  • Reduzir texto 
  • Ampliar texto 

Formação dos condutores

Alguns condutores devem receber formação adicional para obter a carta de condução. Os condutores profissionais, por exemplo, necessitam de uma formação especial para poderem trabalhar na União Europeia. E os infractores reincidentes devem seguir programas de reabilitação para melhorar o seu comportamento ao volante.

Aluno e instrutor de condução dentro de um carroA liberalização do mercado dos transportes levou à adopção, a nível da UE, de requisitos de formação para os condutores profissionais. Por conseguinte, todos aqueles que pretendem trabalhar como condutores profissionais devem seguir uma formação, passar um exame e receber formação periódica de cinco em cinco anos.

Projectos de formação de condutores

A UE financia muitos projectos para melhorar a formação dos condutores.

  • O projecto NovEV analisou diferentes programas de formação para aspirantes a condutores, comparando as experiências em seis países da UE.
  • No âmbito do projecto BASIC foram comparados os novos métodos de formação de base utilizados na UE e formuladas recomendações sobre as melhores práticas.
  • O projecto TRAIN-ALLpdf(59 kB) testou os métodos e os instrumentos utilizados na formação e avaliação dos condutores por computador.
Infractores reincidentes

Para além de poderem ficar sem carta ou ser sujeitos a coimas, muitos condutores que cometem infracções repetidas ou graves são obrigados a seguir um programa de reabilitação para poderem voltar a conduzir. Estes programas ensinam os infractores reincidentes a mudar o seu comportamento ao volante.

O projecto ANDREApdf analisa vários projectos de reabilitação de condutores para averiguar quais são os mais eficazes e porquê.

No âmbito do projecto DRUID foram comparados programas de reabilitação para condutores culpados de infracção por condução sob o efeito do álcool ou de droga, a fim de conceber um sistema de avaliação dos programas.