Percurso de navegação

Outras ferramentas

  • Visualização pré-impressão 
  • Reduzir texto 
  • Ampliar texto 

Events

Comissão adopta medidas para reduzir para metade a sinistralidade rodoviária até 2020

  • Bruxelas, 20 de Julho de 2010

 

 A Comissão Europeia adoptou hoje um plano ambicioso para reduzir para metade o número de mortes nas estradas da UE durante os próximos 10 anos. As iniciativas propostas, que constituem um pacote de orientações políticas para a segurança rodoviária para 2011-2020, têm como objectivo adoptar normas mais rigorosas para a segurança dos veículos, melhorar a formação dos utentes das vias públicas e reforçar o controlo da aplicação do código da estrada. A Comissão Europeia tenciona trabalhar em estreita cooperação com os Estados-Membros na aplicação deste programa.

Europeus reclamam mais medidas no domínio da segurança rodoviária, segundo um inquérito

Os europeus pedem aos Estados-Membros que intensifiquem os seus esforços para melhorar a segurança rodoviária, de acordo com um inquérito publicado hoje pela Comissão Europeia. Nove em cada dez europeus (94%) consideram que a condução sob o efeito do álcool é o maior problema em termos de segurança rodoviária, enquanto que oito em cada dez (78%) consideram que o maior problema é o excesso de velocidade. A maioria dos inquiridos (52%) declarou que os Estados-Membros devem centrar a sua acção na melhoria das infra-estruturas rodoviárias como primeira ou segunda prioridade, ao passo que 42% declararam que a prioridade deve ser o reforço das medidas repressivas em caso de violação do código da estrada e 36% defendem que o mais importante é aplicar o mesmo rigor no tratamento dos infractores, sejam eles residentes ou estrangeiros. A Comissão encomendou este inquérito Eurobarómetro no quadro da campanha em curso para reduzir o número de mortos nas estradas da UE. Os resultados hoje publicados são acompanhados de novos planos para tornar as nossas estradas mais seguras.