COMISSÃO EUROPEIA

Foi-lhe recusado o embarque? Cancelamento? Atraso considerável? Perdeu a bagagem?
Mobilidade reduzida?

Nos últimos trinta anos, verificou-se um acentuado crescimento ao nível da mobilidade na Europa.
Para milhões de cidadãos o acto de viajar tornou-se uma realidade e, de facto, um direito.

Os passageiros necessitam de um conjunto de princípios comum para que possam estar mais facilmente informados acerca dos respectivos direitos, caso algum aspecto não corra da melhor forma na sua viagem, independentemente do modo de transporte utilizado e do facto de todo o percurso decorrer num único Estado-Membro ou estender-se dentro da Comunidade ou a fronteiras externas.

Comissário Siim Kallas

Siim Kallas
Vice-Presidente da Comissão,
responsável pela área dos transportes

Deste modo, a UE empenhou-se em concentrar as suas atenções nos utilizadores no âmbito da política de transportes.