Percurso de navegação

Outras ferramentas

  • Visualização pré-impressão 
  • Reduzir texto 
  • Ampliar texto 

Impostos

Moda portuguesa em Itália

Uma associação industrial portuguesa de moda solicitou à administração fiscal italiana que lhe devolvesse o IVA pago em várias feiras de moda em Itália.

Ao solicitar o reembolso, a associação portuguesa enviou as faturas originais à administração fiscal italiana, conforme requerido.

O reembolso do IVA foi recusado com razão pelas autoridades italianas, mas estas conservaram os originais das faturas, criando um problema para a associação portuguesa que necessitava dos mesmos para efeitos contabilísticos.

Graças à intervenção do centro SOLVIT em Itália, as autoridades devolveram as faturas originais ao requerente.

Problema resolvido em seis semanas.


Esloveno obtém reembolso do imposto sobre os rendimentos provenientes de poupanças

Um cidadão esloveno que trabalha e reside em Espanha apresentou um pedido de reembolso do imposto sobre as suas poupanças (207,86 €), que tinha sido automaticamente retido pelo seu banco.

Mas as autoridades espanholas não reembolsaram o montante, em violação da legislação da UE, destinada a impedir a dupla tributação dos rendimentos da poupança.

Após intervenção do SOLVIT, as autoridades espanholas reembolsaram o montante retido pelos bancos.

Problema resolvido em oito semanas.


Empresa francesa obtém reembolso do IVA na Alemanha

Uma empresa francesa solicitou um reembolso do IVA às autoridades alemãs. Mas o pedido ficou sem resposta durante dez meses.

Graças à intervenção do SOLVIT, os trâmites foram acelerados e a empresa recebeu o montante solicitado.

Problema resolvido em seis semanas.


Clube de futebol português obtém reembolso do IVA

Um clube de futebol português comprou um jogador a um clube romeno pelo valor de 2 500 000 € (incluindo 475 000 € de IVA).

O clube solicitara um reembolso do IVA às autoridades romenas, mas oito meses depois ainda não tinha recebido uma resposta.

Após a intervenção do SOLVIT, as autoridades fiscais da Roménia reembolsaram o IVA em causa.

Problema resolvido em quatro semanas.