Percurso de navegação

Outras ferramentas

  • Visualização pré-impressão 
  • Reduzir texto 
  • Ampliar texto 

Direitos a pensão

Cidadão búlgaro obtém direito a pensão completa na Grécia

As autoridades gregas recusaram a um cidadão búlgaro que tinha trabalhado na Bulgária e na Grécia uma parte dos seus direitos a pensão.

O SOLVIT esclareceu a questão com os serviços competentes de ambos os países e permitiu que o requerente passasse a receber uma pensão completa.

Problema resolvido em seis semanas.

Mais informações: Direitos de pensão na UE


Concessão de direitos de pensão adquiridos em vários países

Ao chegar à idade da reforma, um cidadão húngaro que trabalhara 20 anos na Roménia e 18 anos na Hungria, requereu a pensão de reforma na Hungria.

As autoridades húngaras solicitaram à Roménia que calculasse os direitos de pensão correspondentes aos anos em que o cidadão em causa trabalhara na Roménia. Apesar de terem insistido várias vezes, não obtiveram qualquer resposta durante quase um ano.

Graças à intervenção do centro SOLVIT romeno, as autoridades romenas em matéria de pensão enviaram às suas homólogas húngaras a decisão relativa aos direitos de pensão adquiridos na Roménia.

Uma vez resolvido o problema, o titular da pensão pôde continuar a gozar a sua reforma.

Problema resolvido em 2 semanas.

Mais informações: Direitos de pensão na UE