Ampliação de hospital na Guarda, Portugal, melhora os serviços de saúde da região

Uma extensão, financiada pela UE, do Hospital de Sousa Martins na Guarda, Portugal, veio melhorar os serviços de saúde prestados à população do município de Foz Coa e nas regiões da Beira Interior Norte e da Serra da Estrela. 

Outras ferramentas

 

A construção de um novo bloco para substituir as antigas instalações, juntamente com a aquisição de novos equipamentos, permitiu ao hospital melhorar a qualidade dos serviços de saúde e expandir a oferta de serviços para as cerca de 160 000 pessoas que vivem na região, tendo ajudado, igualmente, a reduzir os tempos de espera. 

Ao melhorar a qualidade das suas infraestruturas e recursos tecnológicos, o projeto aumenta a capacidade de resposta do hospital às necessidades de saúde das pessoas. Espera-se que contribua para aumentar a qualidade e esperança de vida da população circundante, e que crie cerca de 300 postos de trabalho durante a fase de construção. 

Substituir as instalações deterioradas

O novo bloco hospitalar substitui as instalações deterioradas e permite ao hospital expandir os serviços de saúde que oferece na região. O novo bloco substitui as áreas mais degradadas do hospital e concentra e agrupa os serviços – anteriormente dispersos por vários pavilhões – de uma forma mais funcional e adequada. Prevê-se que as outras instalações do hospital antigo sejam futuramente renovadas. 

O projeto também inclui a aquisição de equipamentos para os blocos operatórios e para as áreas de consultas internas e externas e instalações para os doentes em ambulatório, imagiologia, entre outros serviços instalados no novo bloco.

O projeto está em sintonia com o planeamento do serviço de saúde de Portugal e com as prioridades definidas no Plano Nacional de Saúde 2004-2010. O investimento consiste na construção de um bloco de quatro pisos com uma área bruta construída total de 47 018,6 m2. 

O bloco inclui áreas para cirurgias, anestesiologia, um laboratório central, serviços de internamento cirúrgico, serviços de urgência geral, enfermarias de ambulatório, exames especiais, imagiologia, instalações para esterilização, uma farmácia, um médico legista, instalações mortuárias e estacionamento.

Novos equipamentos médicos

O investimento também contempla a aquisição de equipamentos de ressonância magnética, tomografia computorizada, radiologia convencional (incluindo um densitómetro ósseo de corpo inteiro), ecógrafos, obstetrícia/ginecologia, oftalmologia, microcirurgia, cardiologia, pneumologia, gastrenterologia (endoscópios), dermatologia e patologia clínica. Ventiladores pulmonares, equipamento de reanimação e emergência, dispositivos médicos de otorrinolaringologia, bombas perfusoras e dispositivos de nutrição parentérica são também visados pelo investimento, juntamente com camas e outros equipamentos.

Investimento total e financiamento europeu 

O investimento total para o projeto «Ampliação do Hospital de Sousa Martins» é de 53 948 084 EUR, com uma contribuição de 45 855 871 EUR do Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional através do Programa Operacional Regional do Centro para o período de programação 2007-2013. 

Data do projecto

22/04/2016