ECO-INNOVA – criação de ecossistemas empresariais através da inovação

O projecto ECO-INNOVA tem como objectivo a criação de uma estrutura transnacional de aconselhamento, promoção e desenvolvimento da eco-inovação nas PME nas quatro regiões do Programa Espaço Atlântico.

Outras ferramentas

 

Projectos como este estão a contribuir para que a UE se torne uma economia eficaz, sustentável e inclusiva até 2020, tal como definido na estratégia de crescimento UE 2020. A UE encontra-se perante desafios de peso, como o envelhecimento da população, insuficiente qualificação dos recursos humanos, a necessidade de mais inovação, conseguir equilibrar o crescimento económico e a degradação ambiental, bem como garantir fontes de energia limpas e seguras. Os projectos de política regional em toda a UE estão a desempenhar um papel activo na gestão destes e de muitos outros desafios, através da implementação de projectos concebidos para gerar emprego, elevar os níveis de educação, desenvolver fontes de energia renovável, promover a produtividade e dar a todos os cidadãos o acesso a oportunidades. Os projectos e as regiões desempenham um papel crucial em tudo isto, dado que produzem resultados reais que contribuem para a concretização dos principais objectivos desta estratégia.

O projecto irá servir de base para a cooperação, investimento e assistência técnica para as empresas cujas actividades sejam consideradas ecológicas, amigas do ambiente e socialmente responsáveis. ECO-INNOVA é basicamente um projecto de cooperação, investimento e assistência técnica, organizado de forma muito semelhante às incubadoras de empresas, e essencialmente orientado para as PME.

ECO-INNOVA é composto por quatro regiões atlânticas de quatro países – França, Portugal, Espanha e Reino Unido. O projecto é financiado pela Comissão Europeia como parte do Programa Espaço Atlântico ao abrigo do Objectivo Cooperação Territorial Europeia 2007-2013.

Criação de ecossistemas

As actividades do projecto incluem o estabelecimento de uma estratégia conjunta para a eco-inovação com base numa análise da situação actual de cada uma das regiões. Está ainda prevista a criação de uma estrutura de informação, aconselhamento, incentivo e promoção da cooperação e eco-inovação nas PME e entre as PME, no sentido de serem encontradas soluções para os problemas e dificuldades existentes. Será igualmente criada uma “Caixa de Ferramentas” para promover e encorajar a eco-inovação e o eco-empreendedorismo.

O projecto conta com três objectivos específicos. O primeiro é a promoção dos eco-negócios, que á aliás uma estratégia orientada para o mundo empresarial e para desenvolvimento de actividades económicas. O segundo objectivo passa por encorajar a instauração de um sistema de eco-inovação nas empresas. O terceiro e último objectivo é o desenvolvimento da internacionalização e da cooperação entre as eco-empresas participantes de toda a região do Programa Espaço Atlântico.

Eco-inovação para as regiões

O projecto é importante para as regiões do Espaço Atlântico porque estas não só possuem uma herança natural significativa, como são ao mesmo tempo a fonte de inúmeras actividades económicas, designadamente o turismo, a pesca e a agricultura. Estas regiões são particularmente sensíveis à conservação e exploração sustentáveis dos seus recursos. Em conclusão, é importante que as empresas estejam atentas à eco-inovação e reduzam o seu impacto ambiental, através da introdução de novos métodos de produção e de gestão, ou ajustando os seus métodos actuais.

O projecto pretende, assim, desenvolver novas oportunidades e criar vantagens competitivas através de uma abordagem eco-inovadora. A finalidade é posicionar as empresas destas regiões na vanguarda do sector do ambiente, e reduzir o impacto ambiental das suas actividades.

Data do projecto

29/08/2011