Facultar às mulheres as competências necessárias para vencer no mercado de trabalho

Um projeto de dois anos de duração tem ajudado as mulheres a adquirir as competências e os conhecimentos necessários para encontrar emprego, sobretudo em áreas tradicionalmente dominadas pelos homens, como as TIC/tecnologias e o empreendedorismo.

Outras ferramentas

 
Ajudar as mulheres a concretizar as suas ideias para novos negócios, inovação, emprego e projetos Ajudar as mulheres a concretizar as suas ideias para novos negócios, inovação, emprego e projetos

Iniciado em 2010, o projeto Winnet 8 visava posicionar mais mulheres no mercado de trabalho e criar novas empresas como forma de fomentar o crescimento nas várias regiões da Europa. Com esta abordagem personalizada, procurou-se igualmente definir políticas regionais, nacionais e a nível da UE relativas ao estatuto da mulher no mercado de trabalho e garantir a integração dessas abordagens nas políticas gerais. Desta forma, pretende-se responder, ao nível do desenvolvimento de políticas, a desafios existentes e que possam tornar difícil para as mulheres a manutenção do emprego ou a progressão na carreira em determinados setores e funções.

Consolidar os conhecimentos

Agregando nove regiões de oito Estados-Membros (Bulgária, Finlândia, Grécia, Itália, Polónia, Portugal, Reino Unido e Suécia), o projeto baseou-se nas melhores práticas existentes em toda a Europa para desenvolver formas de apoiar as mulheres. Teve como principal objetivo a implementação em toda a Europa do modelo dos Centros de Recursos para Mulheres desenvolvidos na Suécia (uma rede de centros geridos de base que oferece apoio às mulheres com o objetivo geral de servir de ferramenta para a promoção da igualdade entre homens e mulheres).

O principal grupo-alvo dos Centros de Recursos para Mulheres são mulheres que desejam concretizar as suas ideias para novos negócios, inovação, emprego, projetos, entre outros. Os Centros de Recursos para Mulheres facultam às mulheres consultoria em matéria de empresas, educação, formação, desenvolvimento e financiamento de projetos, apoio empresarial, orientação e redes de ação conjunta a diferentes níveis (local, regional, nacional e internacional).

Promover a excelência na elaboração de políticas

Os decisores políticos e os funcionários públicos constituem também um grupo-alvo importante para as atividades dos Centros de Recursos para Mulheres e, com o intuito de contemplar este grupo-alvo, foram criados Grupos de Agentes Múltiplos a nível local que funcionam como um fórum de cooperação entre as autoridades de gestão, as autoridades locais e regionais, as empresas, as instituições de investigação, os Centros de Recursos para Mulheres e outras organizações do setor do voluntariado e ONG.

Com base na experiência e nos conhecimentos obtidos através das sessões de formação inter-regionais, visitas de estudo e workshops, foram desenvolvidos nove Planos de Ação regionais pelos Estados-Membros envolvidos. Os resultados destes Planos de Ação Regionais deverão funcionar como catalisador para a Europa 2020 e a Política de Coesão 2014-2020, tanto nas regiões em questão como no conjunto da UE. Foi ainda elaborado e divulgado, a nível regional, nacional e europeu, um livro sobre recomendações políticas intitulado Innovation & Policies, for Smart, Inclusive and Sustainable Growth (Inovação e Políticas para um Crescimento Inteligente, Inclusivo e Sustentável).

Em 2011, foi criado um Centro de Excelência Winnet na Suécia, que continuará a ser desenvolvido como banco de testes dentro do quadro da Estratégia da UE para a Região do Mar Báltico. O Centro irá analisar, difundir e integrar as experiências dos Centros de Recursos para Mulheres na Europa desde meados dos anos 90 e ajudará a elaborar estratégias para influenciar as políticas e a aplicação de boas práticas.

Por último, graças ao intercâmbio inter-regional de melhores práticas, visitas de estudo e investigação, o projeto desenvolveu um guia intitulado «Women Resource Centres, Innovation & Practices for Smart, Inclusive and Sustainable Growth» (Centros de Recursos para Mulheres, Inovação e Práticas para um Crescimento Inteligente, Inclusivo e Sustentável), que inclui uma seleção de exemplos de boas práticas verificadas nos Estados-Membros. Foram igualmente produzidas outras publicações sobre melhores práticas.

«A experiência adquirida na Suécia no que se refere à melhoria da empregabilidade das mulheres revelou-se muito preciosa para outros países da Europa… [É evidente que] o projeto WINNET 8 está a contribuir positivamente para as prioridades da Política de Coesão 2014-2020 em matéria de melhoria a igualdade de género no mercado de trabalho.»

- Carin Nises, Município de Älvdalen (parceiro principal)


Investimento total e financiamento da UE

O investimento total no projeto «Winnet 8 – um projeto de capitalização Interreg IVC, Melhoria da igualdade de género no emprego, capital humano e educação» foi de 2 356 778 euros, contando com uma contribuição do Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional da UE de 1 835 850 euros. O projeto está a ser financiado através da prioridade «Inovação e a economia do conhecimento» do «Programa de cooperação inter-regional INTERREG IVC» para o período de programação 2007-2013.


Data do projecto

22/11/2013