Interreg : European Territorial Co-operation

European Territorial Cooperation (ETC), better known as Interreg,  is one of the two goals of cohesion policy and provides a framework for the implementation of joint actions and policy exchanges between national, regional and local actors from different Member States. The overarching objective of European Territorial Cooperation (ETC) is to promote a harmonious economic, social and territorial development of the Union as a whole. Interreg is built around three strands of cooperation: cross-border (Interreg A), transnational (Interreg B) and interregional (Interreg C).
Five programming periods of Interreg have succeeded each other:
 INTERREG I (1990-1993) -  INTERREG II (1994-1999) - INTERREG III (2000-2006) - INTERREG IV (2007-2013) - INTERREG V (2014-2020)

Outras ferramentas

  •  
  • Reduzir texto  
  • Ampliar texto  

Notícias

    Anunciamos hoje os finalistas da edição de 2017 dos Prémios RegioStars, o concurso anual que distingue os projetos regionais mais inspiradores e inovadores da Europa apoiados pelos fundos da política de coesão da UE. 

    Um júri independente, liderado pelo deputado ao Parlamento Europeu Lambert Van Nistelrooij, selecionou 24 finalistas entre 103 participações com base em quatro critérios fundamentais: inovação, impacto, sustentabilidade e parceria. 

    Os 24 finalistas selecionados provêm de regiões e municípios de 20 Estados-Membros e um país vizinho: Bélgica, Bulgária, Dinamarca, Alemanha, Estónia, Irlanda, Espanha, França, Croácia, Itália, Letónia, Lituânia, Países Baixos, Áustria, Polónia, Portugal, Eslovénia, Finlândia, Suécia, Turquia e Reino Unido.
    Muitos dos finalistas abordam desafios comuns através da cooperação transfronteiriça.

    As cinco categorias são: 

    • 1 Especialização inteligente para inovação pelas PME 
    • 2 União da Energia: alterações climáticas
    • 3 Empoderamento e participação ativa das mulheres
    • 4 Ensino e formação
    • 5 CityStar: municípios em transição digital.

    Os vencedores serão anunciados na terça-feira dia 10 de outubro em Bruxelas, durante a cerimónia de entrega dos Prémios RegioStars.

    Mais informações

    Sétimo Fórum sobre a Coesão, que terá lugar em 26-27 de junho de 2017 em Bruxelas, é um evento político de grande escala que se realiza de três em três anos e que reúne mais de 700 pessoas, incluindo representantes de alto nível das instituições europeias, governos centrais, representantes regionais e locais, parceiros económicos e sociais, ONG e académicos. O Presidente da Comissão Europeia, Jean-Claude Juncker, o Presidente do Parlamento Europeu, Antonio Tajani, e o Primeiro-Ministro de Malta, Joseph Muscat, proferirão os discursos principais.

     O evento incluirá uma série de discursos de apresentação adicionais, três debates de painéis e três workshops paralelos sobre questões críticas referentes ao futuro da Europa e ao futuro dos Fundos Europeus Estruturais e de Investimento.

    O evento constituirá um marco nos preparativos para o quadro pós-2020 dos Fundos Europeus Estruturais e de Investimento. A política de coesão precisa de refletir sobre o desafio exigente de tornar a economia da Europa mais inclusiva, competitiva e resiliente, e deve abordar as questões levantadas pelo Livro Branco sobre o futuro da Europa no que diz respeito ao valor acrescentado das políticas da UE, à subsidiariedade e ao fosso entre as promessas e o seu cumprimento.

    O Fórum representa uma oportunidade única para os decisores políticos, as partes interessadas e os profissionais debaterem de que modo as políticas da UE podem melhorar as condições de vida e as oportunidades para todos os cidadãos europeus, no contexto da globalização, da evolução tecnológica e das desigualdades crescentes. Representa ainda uma oportunidade para formular uma resposta da política de coesão aos principais desafios económicos e sociais para a União Europeia e para melhorar a produção de resultados para os cidadãos.

    O Fórum precederá a adoção do Sétimo Relatório sobre a Coesão, para que as conclusões do debate com os representantes da sociedade civil possam ser integradas no relatório.

    Conference Agenda 

     

    Live Webstreaming

    DAY 1 : 26/06/2017: English, French, German, Italian, Spanish, Polish, Romanian for all sessions and Bulgarian for workshop 1.

    DAY 2 : 27/06/2017: English, French, German, Italian, Spanish, and Polish

    Localização: edifício Charlemagne, Bruxelas
    Datas: 26-27/06/2017

    Siga no Twitter: #EU7CF @EU_Regional

    Participação apenas por convite

    Agenda da conferência 

    Informações práticas


    Para mais informaçõesREGIO-B1-WORKSHOPS-AND-SEMINARS@ec.europa.eu

    O evento será transmitido pela Internet.

    Sétimo Fórum sobre a Coesão

    A última edição da revista Panorama é uma edição especial dedicada à política de coesão pós-2020. O Fórum sobre a Coesão, que terá lugar em 26-27 de junho em Bruxelas, será um marco importante neste processo. A política de coesão precisa de refletir sobre o desafio exigente de tornar a economia da Europa mais inclusiva, competitiva e resiliente, e deve abordar as questões levantadas pelo Livro Branco sobre o futuro da Europa no que diz respeito ao valor acrescentado das políticas da UE, à subsidiariedade e ao fosso entre as promessas e o seu cumprimento. A nossa revista passou a palavra aos representantes das instituições da UE, dos governos nacionais, dos órgãos de poder regional e de várias associações e universidades numa tentativa de avaliar os sentimentos das pessoas acerca do futuro desta importante política da UE. 

    As estratégias de especialização inteligente são mencionadas várias vezes nesta edição e a sua importância é sublinhada por muitas pessoas, que gostariam que o conceito fosse mais desenvolvido. Além disso, apresentamos as principais conclusões do mais recente inquérito Eurobarómetro sobre o conhecimento e as perceções dos cidadãos sobre a política regional da UE, uma antevisão dos dados do PIB do Sétimo Relatório sobre a Coesão e os temas da Semana Europeia das Regiões e dos Municípios deste ano. Para terminar, partilhamos os testemunhos de jovens voluntários que trabalham no Corpo Europeu de Solidariedade.

    Panorama 61: Cohesion Policy looks to the future

     

Mais notícias

Introduction

In 1990, Interreg was developed as a Community Initiative in with a budget of just EUR 1 billion covering exclusively cross-border cooperation. Later, Interreg has been extended to transnational and interregional cooperation. For 2014-2020 European territorial cooperation is one of the two goals of Cohesion Policy besides investment for Growth and Job.

Interreg evolution

The 25th anniversary of Interreg has been celebrated in 2015 with a variety of events around Europe. Over the years, Interreg has become the key instrument of the European Union to support cooperation between partners across borders. The aim: to tackle common challenges together and find shared solutions - whether in the field of health, research and education, transport or sustainable energy.

2014-2020 period – Interreg V

In accordance with the new design of the European Cohesion Policy 2014-2020 and the targets set out in Europe 2020, Interreg has significantly been reshaped to achieve greater impact and an even more effective use of the investments. Key elements of the 2014-2020 reform are:
-Concentration
-Simplification
-Results orientation
The fifth period of Interreg is based on 11 investment priorities laid down in the ERDF Regulation contributing to the delivery of the Europe 2020 strategy for smart, sustainable and inclusive growth. At least, 80% of the budget for each cooperation programme has to concentrate on a maximum of 4 thematic objectives among the eleven EU priorities:

11 priorities

The fifth programming period of Interreg has a budget of EUR 10.1 billion invested in over 100 cooperation programmes between regions and territorial, social and economic partners. This budget also includes the ERDF allocation for Member States to participate in EU external border cooperation programmes supported by other instruments (Instrument for Pre-Accession and European Neighborhood Instrument).

Interreg Budget

Interreg and inter-regional cooperation 2014-2020: state of play - video recording of the briefing (07/05/2015)

2007-2013 period – Interreg IV

The forth programming period of Interreg had a total budget of EUR 8.7 billion (2, 5 % of the total 2007-13 allocation for cohesion policy). This budget includes the allocation for Member States to participate in EU external border cooperation programmes supported by other instruments (Instrument for Pre-Accession and European Neighborhood Instrument). The budget was distributed as follows:

  • 60 Cross-border – Interreg IV-A, along 38 internal EU borders. ERDF contribution: EUR 5.6 billion.
  • 13 Transnational – Interreg IV-B, covering larger areas of co-operation such as the Baltic Sea, Alpine and Mediterranean regions. ERDF contribution: EUR 1.8 billion.
  • The interregional co-operation programme (INTERREG IVC) and 3 networking programmes (Urbact II, Interact II and ESPON) cover all 28 Member States of the EU. They provide a framework for exchanging experience between regional and local bodies in different countries. ERDF contribution: EUR 445 million.

The European Grouping of Territorial Cooperation

Meetings & Events

Interreg Annual Meeting April 26-28 2017

Interreg Annual Meeting June 6-7 2016

Interreg Annual Meeting September 15 2015

Interreg Annual Meeting May 19-20 2014

European Territorial Cooperation Annual Meeting 2013

Annual meeting of cross-border programmes 2011

Publications

European Territorial Cooperation: building bridges between people