Navigation path

Additional tools

De A a Z

Emprego

A UE está empenhada em contribuir para que a Europa se mantenha na vanguarda da economia mundial e procura criar as condições adequadas para gerar crescimento e emprego. Em 2000, a UE reorganizou a sua agenda económica aprovando a estratégia de Lisboa, que foi relançada em 2005 com uma maior ênfase na criação de crescimento e emprego.

A estratégia de crescimento e emprego da UE e a estratégia europeia de emprego resultam da necessidade de resolver o problema do desemprego. A UE está plenamente consciente das enormes dificuldades causadas pelo desemprego na vida de muitas pessoas. Além disso, atrair mais pessoas para o mercado do trabalho ajudará a sociedade europeia a fazer face às alterações demográficas - os impostos cobrados à população activa são necessários para financiar os custos crescentes dos sistemas de saúde e dos regimes de pensões de reforma.

Para esse efeito, a estratégia de crescimento e de emprego visa atingir uma taxa de emprego (percentagem da população europeia em idade activa que trabalha) de 70% até 2010.

A Comissão e os Estados-Membros uniram os seus esforços para que os financiamentos concedidos ao abrigo da política de coesão para 2007-2013 ficassem indissociavelmente ligados às prioridades do crescimento e do emprego. O objectivo declarado da política de coesão é criar 2,5 milhões de postos de trabalho em toda a Europa.

Mais informações

Realizar a estratégia de Lisboa para o crescimento e o emprego através da política de coesão da UE English Deutsch español français italiano

Política regional da UE: Mantenha-se informado