Erasmus+

Mestrados Conjuntos Erasmus Mundus

Apresentação

Os Mestrados Conjuntos Erasmus Mundus (MCEM) são programas de estudos integrados de prestígio, lecionados conjuntamente por um consórcio internacional de instituições de ensino superior.

Os MCEM concedem bolsas de estudos financiadas pela UE aos melhores estudantes que se candidatem ao abrigo das fases anuais de seleção.

Os estudos devem decorrer, no mínimo, em dois países do programa. Parte dos estudos pode também ter lugar num país parceiro se houver uma instituição desse país parceiro envolvida no programa.

Duração

Os MCEM são programas de estudos de 60, 90 ou 120 créditos ECTS, o que significa que têm uma duração mínima de 12 meses e máxima de 24 meses.

Condições

Podem candidatar-se estudantes de mestrado a nível mundial.

Os candidatos devem ser titulares de um primeiro diploma de ensino superior ou ter um nível de estudos equivalente reconhecido em conformidade com a legislação e a prática dos países que irão atribuir o diploma de mestrado.

Os candidatos que já tenham beneficiado de uma bolsa de estudos MCEM ou de uma bolsa de Mestrado/Doutoramento Conjunto Erasmus Mundus não são elegíveis para uma bolsa de estudos MCEM. Durante a bolsa de estudos MCEM, os estudantes não podem receber outras bolsas financiadas pela UE.

Resultados académicos

A conclusão do programa de estudos deve conduzir à atribuição de um diploma conjunto (ou seja, um diploma único emitido em nome de, pelo menos, duas instituições de ensino superior do consórcio MCEM) ou de vários diplomas (ou seja, pelo menos, dois diplomas emitidos por duas instituições de ensino superior do consórcio).

Para saber se um MCEM é reconhecido num determinado país, contacte as autoridades competentes, indicando-lhes o nome oficial do curso.

Apoio financeiro

Para beneficiar de apoio financeiro Erasmus+, é necessário, antes de mais, ser aceite no curso pelo consórcio responsável pela organização do mestrado e, em seguida, ser selecionado para uma bolsa de estudos MCEM.

Para além de cobrirem os custos da participação dos estudantes no mestrado (incluindo propinas, custos relacionados com a utilização das bibliotecas ou laboratórios, seguro contra todos os riscos e quaisquer outros custos obrigatórios relacionados com a participação dos estudantes no mestrado), as bolsas MCEM dão uma contribuição para as despesas de viagem e de instalação e um subsídio de subsistência mensal durante todo o programa de estudos.

O montante total da bolsa varia em função da duração do curso e da nacionalidade dos participantes (os estudantes não europeus recebem bolsas mais elevadas).

Pelo menos 75 % das bolsas são atribuídas a candidatos de países participantes.

Candidaturas

Para mais informações sobre os cursos e o processo de candidatura, os estudantes devem consultar o catálogo MCEM em linha e contactar o consórcio que oferece o curso de mestrado que lhes interessa.

Todos os verões, uma série de novos MCEM vem juntar-se aos MCEM já existentes. A maioria dos consórcios exige que as candidaturas sejam enviadas entre outubro e janeiro para os cursos que têm início no ano académico seguinte.

Mais informações

Certifique-se de que conhece os seus direitos quando estuda no estrangeiro.

O Guia do Programa Erasmus+ também contém informações pormenorizadas sobre estas oportunidades.

As agências nacionais, para os países do programa, e os gabinetes nacionais, para os países parceiros, podem dar-lhe todos os esclarecimentos de que necessita sobre as candidaturas.

A Associação de Estudantes e Antigos Alunos Erasmus+ (ESAA) proporciona aos atuais e antigos alunos Erasmus+ um espaço dinâmico de intercâmbio cultural, desenvolvimento profissional e estabelecimento de contactos.

Para mais informações sobre as bolsas, consulte o sítio da Agência de Execução relativa à Educação, ao Audiovisual e à Cultura.

Os doutorandos podem também receber apoio da UE para períodos de estudo no estrangeiro através das Ações Marie Skłodowska-Curie.

Vídeo: Mestrados Conjuntos Erasmus Mundus – Rumo à excelência juntos com Shqipe Neziri, diretora do programa de luta contra a corrupção no Kosovo (Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento) e antiga aluna do programa de mestrado de políticas públicas Erasmus Mundus em 2009-2010 na Universidade de York (Reino Unido) e em 2010-2011 na Universidade Europeia Central de Budapeste (Hungria)

Website feedback

Please note that we can only respond to issues concerning the Erasmus+ website. 

For general questions about Erasmus+, please contact your National AgencyNational Erasmus+ Office, or our helpdesk, EuropeDirect.