Percurso de navegação

Siga-nos nas redes sociais

Facebook  Twitter  You Tube  Instagram

Rapid
Enviar esta página por correio electrónicoEnviar esta página por correio electrónicoImprimirImprimir

Rapid - Notícias Diárias

Lisboa, 31/03/2015 

  • Quotas leiteiras chegam ao fim após 31 anos de existência

Hoje é o último dia do regime de quotas leiteiras, introduzido em 1984 como medida temporária para combater o excedente estrutural no mercado da UE que deu origem aos infames «lagos de leite» e «montanhas de manteiga». Os Estados-Membros da UE e a Comissão Europeia decidiram em 2003 prolongar as quotas até 2015 e foram postas em vigor, desde então, medidas transitórias para permitir uma «aterragem suave», tais como o aumento gradual das quotas nacionais. Atualmente, prevendo-se que a procura global aumente anualmente em média 2,1%, o fim das quotas significa que os agricultores da UE poderão beneficiar plenamente deste crescimento, em especial para produtos de valor acrescentado como o queijo. Continuam em vigor várias medidas de apoio aos produtores de leite: pagamentos diretos e apoios associados voluntários ao investimento através de programas de desenvolvimento rural e até mesmo intervenção pública e armazenamento privado, se necessário.

  • Dar a palavra aos cidadãos: relatório da Comissão sobre as iniciativas de cidadania europeia

Nos últimos três anos, cerca de seis milhões de europeus apoiaram iniciativas de cidadania europeia (ICE) e fizeram ouvir a sua voz para levar diretamente à atenção dos responsáveis políticos europeus causas importantes. A Comissão Europeia publica hoje um relatório que analisa a aplicação deste novo instrumento desde a data da sua entrada em vigor, em 1 de abril de 2012.
(Desenvolvimento em IP-15-4729

  • Taxa de desemprego de 11,3% da zona euro, de 9,8% na UE e 14,1% em Portugal

Em Portugal, a taxa de desemprego em fevereiro de 2015 foi de 14,1%, uma subida de 0,3% relativamente ao mês anterior. Comparativamente a fevereiro de 2014 (14,9%), registou-se uma descida de 0,8%. Na zona euro, a taxa de desemprego foi de 11,3% em fevereiro de 2015, contra 11,4% em janeiro do mesmo ano e de 11,8%, em fevereiro de 2014. Trata-se da taxa mais baixa registada na zona euro desde maio de 2012. A taxa de desemprego na UE foi de 9,8 % em fevereiro de 2015, contra 9,9 % em janeiro do mesmo ano e de 10,5 % em fevereiro de 2014, taxa mais baixa registada desde setembro de 2011.(Desenvolvimento em STAT-15-4730)

  • Inflação anual na zona euro sobe para -0,1%

A inflação anual da zona euro deverá ser de -0,1% em março de 2015, uma subida em comparação com -0,3% registados em fevereiro, segundo uma estimativa rápida do Eurostat, o Serviço de Estatística da União Europeia.

Com base na análise das principais componentes da inflação da zona euro, os serviços deverão ter a mais elevada taxa anual em março (1,0% em comparação com 1,2% em fevereiro), seguidos da alimentação, álcool e tabaco (0,6%, em comparação com 0,5% em fevereiro), dos bens industriais não energéticos (- 0,1%, um valor estável em comparação com fevereiro) e da energia (-5,8% em comparação com -7,9% em fevereiro).
(Desenvolvimento em STAT-15-4733)

Topo

Últimos comunicados de imprensa em português

Topo

Últimos comunicados de imprensa: Eurostat

Topo

Última atualização:31/03/2015  |Topo