Percurso de navegação

Envelhecimento ativo e saudável
Enviar esta página por correio electrónicoEnviar esta página por correio electrónicoImprimirImprimir

02/07/2013

Coimbra está entre as trinta e duas cidades e regiões da Europa que foram recompensadas com estrelas como reconhecimento dos seus projetos de excelência, que permitiram criar novas formas de ajudar as pessoas idosas.

    Envelhecimento ativo e saudável

    Esta cidades e regiões puseram em prática soluções tecnológicas, sociais e organizativas, inovadoras para reforçar a eficiência dos sistemas de assistência social e de saúde. Treze sítios de referência receberam três estrelas, doze receberam duas estrelas e sete uma estrela.

    As iniciativas premiadas situam-se na República Checa, Dinamarca, Finlândia, França, Alemanha, Irlanda Itália, Portugal, Espanha, Suécia, Países Baixos e Reino Unido.

    A Parceria de Inovação para um Envelhecimento Ativo e Saudável da Comissão inclui seis categorias de inovação: observância dos tratamentos médicos, prevenção contra as quedas, fragilidade e subnutrição, cuidados integrados, autonomia e ambientes adaptados às necessidades dos idosos.

    Alguns exemplos de boas práticas:

    • A Andaluzia (Espanha) integrou eletronicamente a informação sobre a saúde de todos os seus 8,5 milhões de habitantes, otimizou a coordenação dos prestadores de cuidados de saúde e de assistência social e melhorou a cobertura social dos cerca de 1,3 milhões de cidadãos com mais de 65 anos.
    • A Escócia criou um instrumento de previsão de riscos destinado a antecipar os cuidados, de modo que até 2020, todos possam viver mais tempo e mais saudáveis em casa ou num estabelecimento residencial. Este projeto permitiu reduzir o número de hospitalizações, a sua duração e realizar uma poupança líquida de 190 libras esterlinas por doente.
    • O País Basco (Espanha) está a lançar 14 projetos de TIC para aplicar a sua estratégia de tratamento de doenças crónicas. Registou‑se até agora uma redução de 38 % na hospitalização de casos muito complexos e uma diminuição de 26 % das consultas de urgência.
    • A Universidade de Coimbra (Portugal) apoia um ecossistema holístico de partes interessadas para implantar práticas inovadoras. O domínio do envelhecimento cognitivo, a demência e a deterioração da visão demonstrou resultados positivos, tendo sido avaliados anualmente por especialistas 1350 doentes e criados mais de 100 postos de trabalho.
    Ligações úteis:
    Última atualização:15/07/2013  |Topo