Percurso de navegação

As regiões na luz da ribalta - 01/02/2011

UE decide concentrar fundos de desenvolvimento regional na criação de emprego e no crescimento sustentável. Responsáveis políticos reúnem-se em Bruxelas, a 31 de Janeiro e 1 de Fevereiro, para debater as alterações.

Apesar de a UE ser uma das economias mais ricas do mundo, continuam a existir grandes diferenças entre algumas das suas regiões. Uma em cada quatro regiões tem um PIB per capita inferior a 75 % da média da União.

É importante diminuir estas diferenças para manter a prosperidade da UE, especialmente nas actuais condições económicas difíceis. Os fundos regionais da UE ajudam as regiões menos desenvolvidas a modernizarem-se, numa altura em que a União tem de fazer face aos desafios de uma economia mundial globalizada.

Foram disponibilizados cerca de 350 mil milhões de euros para um prazo de sete anos que irá terminar em 2013. O dinheiro é utilizado para co-financiar projectos das autoridades nacionais, regionais e locais.

De acordo com um relatório de Novembro de 2010, até à data, estes fundos contribuíram para criar 1 400 000 novos postos de trabalho, ajudaram 34 milhões de pessoas a encontrar emprego e permitiram actualizar as competências de mais 36 milhões. Os aspectos contemplados incluem a formação (especialmente para grupos vulneráveis), as infra-estruturas (como a rodoviária e a ferroviária) e projectos de tratamento de águas residuais.

Fórum da Coesão

Numa altura em que o actual período de financiamento se aproxima do fim, 800 representantes de autoridades nacionais, regionais e locais reúnem-se em Bruxelas, no âmbito do Fórum da Coesão English , para debater a forma de melhorar a adequação entre o financiamento e as necessidades regionais.

A UE quer que o futuro financiamento se concentre no emprego e no crescimento, em conformidade com a sua estratégia Europa 2020 English .

O debate incidiu no empurrão dado pela estratégia a um crescimento económico mais inteligente, ecológico e inclusivo. O fórum foi programado por forma a proporcionar aos países e regiões participantes a oportunidade de exprimirem a sua opinião antes de a Comissão apresentar as primeiras propostas legislativas sobre o futuro financiamento da coesão, no próximo Verão.

Algumas regiões já estão a utilizar os fundos de acordo com a estratégia Europa 2020. É o caso da Lituânia, do país de Gales, no Reino Unido, e da região de Brandeburgo, na Alemanha, que se encontram entre os seleccionados para os prémios anuais RegioStars Englishfrançais .

É possível consultar outros exemplos de melhores práticas na base de dados para a aprendizagem política DeutschEnglishespañolfrançaisitalianopolski da UE.

Mais sobre política regional DeutschEnglishespañolfrançaisitalianopolski
Vencedores de 2010

Ver página em alto contraste Texto tamanho normal Aumentar texto 200 % Enviar esta página a um amigo Imprimir esta página

 

Encontrou a informação que procurava?

Sim Não

O que procurava?

Tem alguma sugestão?

Ligações úteis