Percurso de navegação

Discriminação em foco - 29/04/2010

Logotipo do prémio © UE

Concurso anual recompensa jornalismo sobre questões de discriminação na Europa.

Cerca de 16% dos participantes num recente inquérito DeutschEnglishfrançais da UE afirmam terem sido vítimas de discriminação pelo menos uma vez no ano passado. As conclusões sugerem que a discriminação é um problema bastante comum e que não se circunscreve aos grupos minoritários.

A UE tem uma extensa legislação contra a discriminação, sendo de notar que a primeira legislação em matéria de igualdade entre homens e mulheres data de 1957. Em 2000, a UE adoptou normas inovadoras contra a discriminação no local de trabalho com base na raça, etnia, religião, deficiência, idade ou orientação sexual. Os preconceitos raciais e étnicos foram também proibidos no domínio do ensino, da segurança social, dos cuidados de saúde e do acesso a bens e serviços, nomeadamente à habitação.

Porém, para que as leis sejam eficazes, os cidadãos devem também conhecer e fazer valer os seus direitos. Os meios de comunicação social podem ajudar a sensibilizar para esta questão e este prémio de jornalismo chama a atenção precisamente para aqueles que o fazem.

Pelo sexto ano consecutivo, jornalistas de toda a UE submeteram à apreciação de júris nacionais exemplos do seu trabalho sobre discriminação. Os artigos deveriam ter sido pulicados em jornais, revistas ou na Internet. Cada júri nacional escolheu o seu favorito, cabendo a decisão final a um painel independente de profissionais e especialistas no domínio da comunicação social. Os vencedores English foram anunciados hoje pela Comissária da Justiça, Viviane Reding, que aproveitou a ocasião para lançar o prémio deste ano.

Uma vez que a UE proclamou 2010 como Ano Europeu de Combate à Pobreza, foi atribuído este ano um prémio especial para o artigo que melhor ilustrasse a relação entre dificuldades financeiras e discriminação.

O prémio de jornalismo é apenas uma de entre muitas iniciativas organizadas no âmbito da actual campanha contra a discriminação, que promove parcerias e a partilha de informações em toda a UE. Desde o lançamento da campanha em 2003, foram organizados concursos de cartazes e de fotografia, torneios desportivos e conferências. Os métodos utilizados no âmbito da campanha são variados, mas o seu objectivo é muito claro: fomentar o debate sobre a discriminação e sobre os benefícios da igualdade e diversidade.

Ver página em alto contraste Texto tamanho normal Aumentar texto 200 % Enviar esta página a um amigo Imprimir esta página

 

Encontrou a informação que procurava?

Sim Não

O que procurava?

Tem alguma sugestão?

Ligações úteis