Percurso de navegação

Eleições para o Parlamento Europeu: faça-se ouvir - 01/04/2014

Edifício do Parlamento Europeu em Estrasburgo visto a partir de um navio com a bandeira europeia © UE

A apresentação dos dos partidos políticos e os debates realizados a nível europeu visam fomentar a participação dos cidadãos para que estes tenham uma palavra a dizer sobre o futuro da União Europeia. 

Entre 22 e 25 de maio, os cidadãos europeus irão eleger os deputados do Parlamento Europeu que os representarão nos próximos cinco anos. E, pela primeira vez, os partidos políticos apresentam candidatos ao cargo de Presidente da Comissão.

Participação dos eleitores

Nos termos do Tratado de Lisboa, os governos dos países da UE devem ter em conta os resultados das eleições europeias quando propuserem o novo Presidente da Comissão. Este terá, então, de ser eleito pelo Parlamento Europeu.

Esta abordagem permitirá não só melhorar a legitimidade democrática das instituições europeias, mas também que os cidadãos tenham uma palavra a dizer sobre o futuro da UE.

Os candidatos estão atualmente em campanha para angariar apoio, tal como sucede nas eleições nacionais. Espera-se que esta nova abordagem leve as pessoas a informar-se sobre a UE e a participar mais ativamente no processo político.

Dar voz aos cidadãos

Ao longo dos últimos 18 meses, a Comissão realizou mais de 50 diálogos com os cidadãos em toda a Europa, com o objetivo de restaurar a confiança nas instituições nacionais e europeias, informar as pessoas sobre o que faz a UE e relembrar a importância de cada voto.

Mais de 16 000 cidadãos participaram nos referidos debates, aos quais há que juntar mais 105 000 seguidores nas redes sociais. Os debates contaram com a presença de políticos europeus, nacionais e locais. As reações e o contributo do público ajudarão a Comissão a definir a futura reforma da UE.

Próximas etapas

Para responder às perguntas e sugestões expressas no âmbito dos diálogos com os cidadãos, a Comissão publicou o seu segundo Relatório sobre a cidadania da União , que apresenta doze novas medidas concretas, destinadas a ir ao encontro das preocupações dos cidadãos, tais como a supressão dos entraves á livre circulação dos trabalhadores e dos estudantes e a redução da burocracia.

Continuam pendentes alguns desafios, nomeadamente, o apelo da Comissão a que as eleições decorressem no mesmo dia em toda a Europa e a que os partidos políticos indicassem nos boletins de voto a que partido político europeu pertencem. Tal implicará a alteração da lei eleitoral de alguns países onde não é permitido indicar os nomes e os logotipos de partidos políticos europeus.

Comunicado de imprensa: Eleições europeias - incentivar a participação 

Comunicado de imprensa: Debate sobre o futuro da Europa 

Ficha informativa: eleições europeias mais democráticas English 

Eleições europeias 2014 

Como funciona o Parlamento Europeu

Ver página em alto contraste Texto tamanho normal Aumentar texto 200 % Enviar esta página a um amigo Imprimir esta página

 

Encontrou a informação que procurava?

Sim Não

O que procurava?

Tem alguma sugestão?

Ligações úteis