Percurso de navegação

Irlanda assume Presidência da UE - 01/01/2013

Logotipo da presidência irlandesa

Estabilidade económica, crescimento e emprego são as prioridades da Irlanda para os próximos seis meses, altura em que assumirá a Presidência da UE, sucedendo a Chipre.

Será a sétima vez que a Irlanda assume a presidência da UE, numa altura que se comemoram os 40 anos da adesão deste país à UE.

Durante o semestre em que presidirá aos destinos da UE, a Irlanda dará a prioridade à estabilidade económica, ao crescimento e ao emprego, questões que considera primordiais.

Emprego e crescimento

A Irlanda tentará impulsionar o Pacto para o Crescimento e o Emprego, um pacote de medidas nos domínios da consolidação orçamental, concessão de empréstimos, desemprego, comércio internacional e outras áreas com potencial para criar emprego e gerar crescimento.

Entre as restantes prioridades da presidência irlandesa, destaca-se a adoção de novas regras nos domínios seguintes:

  • reconhecimento das qualificações profissionais noutros países da UE
  • modernização dos processos de adjudicação dos contratos públicos
  • direitos dos trabalhadores destacados noutros países da UE

Para fomentar a inovação e a investigação, a Irlanda procurará concluir as negociações sobre a próxima ronda de financiamento da UE, conhecida como o programa Horizonte 2020 English , e promover, em especial, a nanotecnologia, a fotónica, as técnicas de produção avançadas, a computação em nuvem e a computação de alta velocidade.

A economia europeia

Para restaurar a confiança na economia europeia, a Irlanda velará por que o novo sistema de coordenação económica e orçamental da UE se centre em questões fundamentais como os salários, a indexação salarial, a reforma do mercado de trabalho, as pensões, a educação e a pobreza.

Orçamento da UE

Uma vez que os líderes europeus não chegaram a acordo em novembro quanto ao orçamento da UE para 2014-2020, será organizada uma nova cimeira durante a presidência irlandesa. Assim que os novos montantes tiverem sido aprovados, a Irlanda concentrará os esforços na forma como as verbas serão repartidas pelos vários domínios.

As prioridades da Irlanda neste campo são: a reforma da política agrícola comum DeutschEnglishfrançais e da política das pescas, as despesas na área da investigação e inovação, o financiamento das regiões mais pobres e o Mecanismo Interligar a Europa English, que fomentará o crescimento e o emprego através de uma melhoria das infra-estruturas europeias.

Além das iniciativas destinadas a promover o crescimento e o emprego, a Irlanda dedicará também atenção ao ambiente, aos transportes, aos novos países que aderem à UE, à justiça e ao apoio ao desenvolvimento.

Em 1 de julho, a Lituânia sucederá à Irlanda na presidência da UE, que deterá até finais de 2013.

Mais sobre a presidência irlandesa da UE English

Ver página em alto contraste Texto tamanho normal Aumentar texto 200 % Enviar esta página a um amigo Imprimir esta página

 

Encontrou a informação que procurava?

Sim Não

O que procurava?

Tem alguma sugestão?

Ligações úteis