Percurso de navegação

A UE precisa de si! - 02/04/2008

Três jovens vistos através de papel de jornal transparente

Consulta alargada sobre o rumo da Europa - o diálogo em curso deve incentivar a participação do público.

A UE toma frequentemente decisões que têm um impacto directo no nosso dia-a-dia. É o caso, por exemplo, da limitação das tarifas de roaming ou do rótulo ecológico europeu, simbolizado por uma flor.

As pessoas que tomam essas decisões necessitam de saber o que pensam os cidadãos sobre as mesmas. A Comissária da comunicação DeutschEnglishfrançaissvenska, Margot Wallström, é de opinião que as políticas da UE se devem alicerçar nas tradições democráticas nacionais e no diálogo político quotidiano. A Europa deve ser discutida por todos, nas autarquias locais, nas assembleias regionais, nos parlamentos nacionais e nos fóruns da Internet.

Para incentivar a participação pública no debate, a Comissão vai co‑financiar uma série de projectos ao longo de 2008 e 2009, que incluem:

  • consultas públicas em toda a Europa,
  • iniciativas nacionais que darão aos europeus a oportunidade de participar no processo de decisão da UE,
  • exposições, debates e seminários organizados pela Comissão e o Parlamento Europeu em várias capitais,
  • apoio a redes em linha com vista à troca de informações e de ideias.

Estes projectos inspiram-se na estratégia de comunicação «Plano D» lançada em 2005 na sequência do «não» neerlandês e francês no referendo ao tratado constitucional da UE. Nos dois anos seguintes, a Comissão co-financiou vários projectos de consulta transfronteiras DeutschEnglishfrançaissvenska. A ideia subjacente ao presente documento sobre o «Debate Europe» é reforçar o Plano D a fim de preparar as eleições europeias de Junho de 2009.

Ver página em alto contraste Texto tamanho normal Aumentar texto 200 % Enviar esta página a um amigo Imprimir esta página

 

Encontrou a informação que procurava?

Sim Não

O que procurava?

Tem alguma sugestão?

Ligações úteis