Percurso de navegação

Brinquedos: a segurança em primeiro lugar! - 21/12/2011

Quando as crianças desembrulharem as prendas de Natal - o tão desejado urso de peluche, o triciclo ou a espada laser da Guerra das Estrelas - os pais podem ficar descansados. Os brinquedos comprados na UE são os mais seguros do mundo.

Todos os brinquedos vendidos na UE são sujeitos a numerosos controlos para garantir a segurança das crianças que com eles brincam.

Antes de lançar um novo brinquedo no mercado, os fabricantes são obrigados a identificar os seus potenciais riscos através de uma avaliação da segurança. Devem ainda garantir que é possível saber qual é a origem de todos os brinquedos.

Embora a Europa detenha 25 % do mercado total de brinquedos, nem todos os brinquedos comprados na UE são fabricados no seu território. Em 2010, as importações de brinquedos tradicionais de países que não pertencem à UE ascenderam a 6980 milhões de euros. É importante assegurar que esses brinquedos satisfazem as normas de segurança em vigor na Europa. Para o efeito, realizam-se numerosos controlos nas fronteiras da UE e nas instalações dos distribuidores.

Em Julho último, entraram em vigor novas normas europeias sobre a segurança dos brinquedos English (en) mais rigorosas. São aplicáveis novas regras relativas às peças pequenas que podem ser engolidas ou inaladas e sobre as embalagens dos brinquedos incluídos em alimentos.

Porém, a legislação não pode garantir a segurança total. Mesmo um brinquedo concebido para crianças de dez anos que passou todos os testes pode vir a revelar-se perigoso nas mãos de um bebé. Por esta razão, a UE lançou uma campanha de sensibilização a fim de alertar as pessoas para os aspectos principais a ter em mente quando compram brinquedos para as crianças.

O vídeo Garantir a segurança dos nossos filhos foi difundido em toda a Europa e nas lojas de brinquedos estão a ser distribuídos cartões com sugestões para comprar brinquedos em segurança , incluindo conselhos como nunca comprar brinquedos sem a marcação CE, que garante que o brinquedo está em conformidade com todas as regras de segurança aplicáveis na UE, ler os avisos e as instruções e comprar os brinquedos em lojas de confiança.

Ver página em alto contraste Texto tamanho normal Aumentar texto 200 % Enviar esta página a um amigo Imprimir esta página

 

Encontrou a informação que procurava?

Sim Não

O que procurava?

Tem alguma sugestão?

Ligações úteis