Percurso de navegação

Excesso de álcool destrói vidas em toda a UE - 16/04/2008

Com a taxa de consumo de álcool mais elevada do mundo e com as estatísticas a revelarem tendências inquietantes, a União Europeia intervém para travar o consumo excessivo de álcool.

Quando é que um copo entre amigos se torna um consumo excessivo perigoso? Face às 200 000 mortes registadas anualmente na Europa devido ao consumo excessivo do álcool, é para muitos ainda ténue a fronteira entre um consumo responsável e um consumo excessivo de álcool. 

O consumo de bebidas alcoólicas por menores e os acidentes rodoviários causados pelo álcool (um quarto de todos os acidentes) preocupam toda a Europa. Alguns países europeus estão a tentar inverter a situação no seu território, mas a publicidade e as vendas não conhecem fronteiras, o que pode minar os seus esforços.

Os jovens são particularmente vulneráveis. Uma em cada quatro mortes de jovens adultos (na faixa etária entre 15-29 anos) está relacionada com o consumo de álcool. De acordo com uma sondagem Englishfrançais recente, 19% dos jovens com idades entre os 15 e 24 anos bebem, no mínimo, cinco bebidas alcoólicas por saída.

Além de estabelecer uma  estratégia para combater o problema do álcool em toda a Europa, a UE criou um Fórum Europeu «Álcool e Saúde» English (40 empresas e ONG) para lutar contra o consumo de bebidas alcoólicas por menores, sensibilizar as pessoas para os efeitos nocivos do abuso de álcool e incentivar vendas e publicidade responsáveis.

Em declarações no quadro do fórum, a Comissária Androulla Vassiliou sublinhou a tragédia social que o abuso de álcool representa: “O consumo excessivo de álcool é nocivo para a saúde, aniquilando as perspectivas de educação e de emprego de grande número de jovens e ceifando prematuramente a vida de muitos outros ".

O fórum estabeleceu 78 metas, entre as quais:

  • formar os vendedores e os barmen para que aprendam a lidar melhor com os jovens que tentam comprar álcool ilegalmente;
  • assegurar que as enfermeiras‑parteiras informem as mulheres sobre os perigos do álcool antes e durante a  gravidez;
  • reforçar o papel dos grupos de entreajuda.

O fórum recorrerá também ao parecer de um painel de peritos, centralizará ideias e boas práticas, identificará as áreas em que são necessários projectos e velará por que estes sejam geridos de forma eficiente.

Saiba mais sobre os malefícios do álcool na Europa DeutschEnglishespañolfrançais

Ver página em alto contraste Texto tamanho normal Aumentar texto 200 % Enviar esta página a um amigo Imprimir esta página

 

Encontrou a informação que procurava?

Sim Não

O que procurava?

Tem alguma sugestão?

Ligações úteis