Percurso de navegação

Etnia cigana: casos de sucesso - 10/03/2010

Conferência sobre projectos de apoio às populações de etnia cigana financiados pela UE

Existe em Espanha uma das mais importantes comunidades ciganas da UE. Tal como na Europa, as 700 000 pessoas dessa comunidade são alvo de discriminações constantes e registam elevados níveis de pobreza e de desemprego.

Em 2000, a UE co-financiou o projecto «Acceder» destinado a ajudar os desempregados em Espanha a encontrar trabalho mediante uma formação profissional adaptada às necessidades dos empregadores. Até Junho de 2009, perto de 34 000 pessoas, a maioria das quais de etnia cigana, encontraram emprego através deste projecto.

Esta iniciativa espanhola foi um dos 30 projectos apresentados na Conferência organizada pela UE, testemunhando casos de sucesso de ajuda às populações ciganas. Entre os 500 participantes contaram-se responsáveis políticos de vários quadrantes com o objectivo de identificar boas práticas para os projectos de apoio à etnia cigana financiados pela UE para poderem depois partilhá-las com escolas, ONG e empresas.

Estima-se que entre 10 e 12 milhões de ciganos vivem na UE, constituindo uma das mais importantes minorias étnicas na Europa. A maioria dessas pessoas vive em condições de extrema pobreza e à margem da sociedade, tendo um acesso limitado ao emprego, à educação e aos cuidados de saúde.

Há muito que a UE apoia os esforços dos países membros para pôr em prática políticas eficazes a favor das comunidades ciganas. A conferência sobre os projectos da UE a favor das populações de etnia cigana insere-se no Ano Europeu de Combate à Pobreza e à Exclusão Social. Os resultados serão discutidos na 2.ª Cimeira sobre a etnia cigana, que se realizará em Abril.

Apoio da UE à etnia cigana

Ver página em alto contraste Texto tamanho normal Aumentar texto 200 % Enviar esta página a um amigo Imprimir esta página

 

Encontrou a informação que procurava?

Sim Não

O que procurava?

Tem alguma sugestão?

Ligações úteis