Percurso de navegação

Cimeira mundial para lutar contra a crise financeira - 20/10/2008

Nicolas Sarkozy, George Bush e Durão Barroso © EC

Dirigentes dos Estados Unidos e da União Europeia chegam a acordo quanto à organização de uma série de cimeiras para debater a situação financeira mundial.

O Presidente da Comissão Europeia, Durão Barroso, e o actual Presidente da União Europeia, o Presidente francês Nicolas Sarkozy, discutiram a crise financeira mundial com o Presidente dos Estados Unidos, George W. Bush, em Camp David, durante o fim-de-semana.

Os três dirigentes concordaram em organizar uma série de reuniões internacionais para estudar as medidas necessárias para resolver a presente crise e chegar a um acordo para evitar crises semelhantes no futuro. Segundo uma declaração conjunta English, «Os dirigentes mundiais serão consultados sobre a possível organização de uma primeira cimeira de Chefes de Estado e de Governo nos EUA, pouco depois das eleições neste país» [que terão lugar em 4 de Novembro].

Os dirigentes europeus apelaram a uma maior coordenação dos esforços para restabelecer a confiança nos mercados, bem como a um reforço da supervisão e um endurecimento da regulamentação dos mercados financeiros mundiais. Na semana passada, os EUA adoptaram um plano de intervenção estatal, inspirado na abordagem europeia.

Ao abrigo do plano de recuperação da UE, os governos podem garantir empréstimos bancários, disponibilizar liquidez a curto prazo e nacionalizar parcialmente alguns bancos. Os governos da UE afectaram até à data mais de 2 biliões de euros aos esforços de recuperação.

Ver página em alto contraste Texto tamanho normal Aumentar texto 200 % Enviar esta página a um amigo Imprimir esta página

 

Encontrou a informação que procurava?

Sim Não

O que procurava?

Tem alguma sugestão?

Ligações úteis