Percurso de navegação

Combater o abandono escolar - 02/02/2011

Silhuetas de estudantes © iStock

A melhoria do acesso ao ensino pré-escolar, o apoio aos alunos em situação de abandono escolar ou com fracos resultados e a criação de «escolas de segunda oportunidade» deverão contribuir para reduzir a taxa de abandono escolar para menos de 10% até 2020.

Hoje em dia, mais de 6 milhões de jovens, ou seja, cerca de 14 % da população escolar, estão em situação de abandono escolar. Esses jovens ficam, assim, mais expostos a situações de desemprego, pobreza e marginalização.

Os jovens que abandonam os estudos têm geralmente entre 18 e 24 anos e nem sequer chegam a meio do ciclo do ensino secundário.

O abandono escolar implica não só custos individuais, mas impede também o crescimento económico e a competitividade As economias modernas, fortemente dependentes da alta tecnologia, necessitam de uma mão-de-obra qualificada. Ora, os jovens em situação de abandono escolar serão muito provavelmente futuros beneficiários de prestações sociais, o que exercerá uma pressão considerável sobre os sistemas de segurança social.

O plano da UE para combater o abandono escolar precoce tem por objectivo reduzir a taxa média de abandono para menos de 10% até 2020. Os países membros são incentivados a elaborar políticas que abranjam todos os ciclos de ensino de forma a eliminar as causas do abandono precoce, atacando os problemas na raiz e dando uma segunda oportunidade aos jovens que queiram voltar a estudar. O referido plano centra-se em três áreas:

  • Prevenção
    Melhorar a igualdade de acesso a um ensino pré-escolar de elevada qualidade. Importa também introduzir medidas para garantir que todos os alunos possam participar nas aulas como, por exemplo, apoio linguístico aos filhos de imigrantes.
  • Intervenção
    É necessário reagir aos primeiros sinais de alerta (faltas injustificadas ou maus resultados) com um sistema de orientação e de apoio pedagógico personalizado e reforçar a cooperação com os pais.
  • Compensação
    Os alunos em situação de abandono escolar devem poder beneficiar de uma «segunda oportunidade» para adquirirem as qualificações que deveriam possuir. As «escolas de segunda oportunidade» devem ter turmas mais pequenas e métodos pedagógicos mais personalizados e flexíveis em relação ao ensino tradicional.

A redução do abandono escolar é um dos cinco objectivos fundamentais da Estratégia Europa 2020 para promover o crescimento e emprego.

A Comissão Europeia criou também um grupo de alto nível para a literacia English . Composto por 11 especialistas, esse grupo examinará as causas dos baixos níveis de competência em matéria de leitura e escrita e, em 2012, apresentará propostas para resolver o problema.

Mais informações sobre os sistemas educativos na UE DeutschEnglishfrançais

Ver página em alto contraste Texto tamanho normal Aumentar texto 200 % Enviar esta página a um amigo Imprimir esta página

 

Encontrou a informação que procurava?

Sim Não

O que procurava?

Tem alguma sugestão?

Ligações úteis