Percurso de navegação

Pratos prontos a servir num restaurante

Os europeus que pretendam saborear novas delícias gastronómicas poderão encontrar dentro em breve ingredientes inovadores nas prateleiras dos supermercados e na cozinha europeia.

Os ingredientes produzidos graças a novas técnicas e os alimentos que não são consumidos tradicionalmente na Europa estão no centro da mais recente proposta da Comissão destinada a incentivar a inovação do sector alimentar.

De acordo com o Comissário da saúde, Markos Kyprianou, a proposta “proporcionará aos consumidores da UE a escolha mais actualizada possível e fornecerá um enquadramento favorável à indústria alimentar europeia.”

Os novos alimentos English já são abrangidos por legislação europeia, mas a nova proposta definiria uma série de regras mais práticas e eficazes. Com base na experiência da legislação actual, a proposta introduz os últimos progressos científicos e avanços tecnológicos.

Para racionalizar os procedimentos, a avaliação e a autorização de novos alimentos passariam a ser centralizadas na Autoridade Europeia para a Segurança dos Alimentos DeutschEnglishfrançaisitaliano (AESA). Actualmente, as avaliações iniciais são efectuadas em cada país da União Europeia.

Os produtos considerados seguros poderiam, então, ser autorizados em toda a União Europeia, o que aceleraria e uniformizaria todo o processo de autorização, além de o tornar mais transparente.

No caso dos alimentos habituais noutras partes do mundo mas novos na Europa, passariam a poder ser comercializados cinco meses apenas após a notifcação, desde, é claro, que os interessados tenham demonstrado que são seguros.

Um exemplo de novo ingrediente é um óleo rico em DHA (ácido docosahexaenóico), que pode ser utilizado em lacticínios e leites de substituição destinados a casos de intolerância à lactose, gorduras para barrar, cereais para pequeno almoço, suplementos alimentares e alimentos dietéticos.

Receitas de todos os países europeus

Ver página em alto contraste Texto tamanho normal Aumentar texto 200 % Enviar esta página a um amigo Imprimir esta página

 

Encontrou a informação que procurava?

Sim Não

O que procurava?

Tem alguma sugestão?

Ligações úteis