Conhecimento do meio marinho 2020

Definição e âmbito de aplicação

Incubação de salmão, Screebe, County Galway, Irlanda © Lionel Flageul

A iniciativa «Conhecimento do meio marinho 2020» pretende reunir dados sobre o meio marinho provenientes de diferentes fontes com o objetivo de:

  • ajudar a indústria, as autoridades públicas e os investigadores a encontrarem os dados de que precisam e a utilizarem-nos de forma mais eficaz para desenvolver novos produtos e serviços;
  • melhorar a compreensão do comportamento dos mares.

Porquê uma intervenção à escala da UE?

Os dados nacionais não nos dizem tudo aquilo que precisamos de saber sobre os mares enquanto sistema mundial, com ventos variáveis, correntes sazonais e espécies migratórias; é fundamental que haja uma análise ao nível europeu.

A integração dos vários sistemas nacionais e locais num todo coerente tem sido liderada pela UE. As suas competências explícitas em domínios como as pescas, o ambiente, os transportes, a investigação, a empresa e a indústria permitem-lhe disponibilizar financiamento e legislar nesta matéria.

Como funciona na prática

Através do sítio Internet da Rede Europeia de Observação e de Dados do Meio Marinho (EMODNET), técnicos e cientistas podem ver quais os dados disponíveis para uma determinada bacia marítima e descarregar tanto os dados das observações originais como aplicações dos mesmos, por exemplo modelos digitais do terreno, informações sobre a distribuição dos sedimentos ou sobre os habitats marinhos. As vantagens da melhoria do acesso aos dados são ilustradas pelos seguintes exemplos de estudos:

  • EXEMPLO 1:  Aquicultura ao largo: novo tipo de gaiolas
  • EXEMPLO 2:  Proteção contra a erosão costeira
  • EXEMPLO 3:  Proteção dos cabos das infraestruturas eólicas marítimas
  • EXEMPLO 4:  Dados hidrográficos para otimização das rotas de navegação

Mais informações sobre dados relativos ao meio marinho

Documentos oficiais

Consulte o Fórum Marítimo para:

Mais informações

Notícias

  • 12/08/2014 - Call for tenders MARE/2014/10 - Coastal mapping

    Whilst considerable progress has been made in mapping the topography of Europe's offshore waters and making the data available through digital terrain models, it is intrinsically more expensive to measure the depth of water in shallow coastal waters because of instrument characteristics and because there is a need to join up with land surveys.

  • 08/05/2014 - Questions and Answers on innovation in the blue economy

    Why do we need innovation in the blue economy?

  • 08/05/2014 - EU eyes oceans innovation as source of sustainable growth

    Two thirds of our planet is covered by oceans and seas. If we manage them in a responsible manner, they can provide sources of food, medicine and energy while protecting ecosystems for generations to come.