Gripe

A vacinação tem um papel fundamental na protecção contra a gripe.

Para garantir o acesso dos europeus a vacinas seguras e eficazes, a Comissão colabora com várias entidades:

Vacina sazonal

O vírus da gripe sazonal é sempre diferente de ano para ano. As vacinas têm assim de ser actualizadas anualmente para garantir a sua eficácia. Embora existam vacinas seguras e eficazes, o número de europeus que se vacina continua a ser insuficiente.

Em 22 de Dezembro de 2009, o Conselho Europeu adoptou uma recomendação sobre a vacina contra a gripe sazonal numa tentativa de aumentar o número de pessoas vacinadas nos grupos de risco com o objectivo de atingir uma taxa de vacinação de 75 % até 2015.

Vacinas pandémicas

Quando surge uma pandemia, só é possível produzir uma vacina após a identificação do vírus responsável pela mesma. Podem assim ser necessários vários meses até que a vacina fique disponível.

A Comissão colaborou com a EMA para acelerar o processo de autorização de comercialização sempre que uma pandemia é declarada. Tendo em conta que as autorizações assentam num conjunto limitado de dados, a Comissão também colaborou com a EMA, o ECDC e outros organismos relevantes para criar um sistema efectivo para monitorizar as reacções negativas após a introdução da vacina.

Em caso de pandemia, a Comissão ajuda os países da UE a coordenar as suas respostas, incluindo medidas relacionadas com as vacinas.

Em 2009, a Comissão ajudou os países da UE a elaborar uma estratégia de vacinação contra a gripe pandémica H1N1 Traduções da ligação anterior English (en) (também conhecida como gripe A).