Determinantes sociais e desigualdades no domínio da saúde

Acção da UE

Os planos da Comissão para combater as desigualdades no domínio da saúde estão estabelecidos na Comunicação da Comissão «Solidariedade no âmbito da saúde: Reduzir as desigualdades em matéria de saúde na UE» , publicada em 20 de Outubro de 2009

Existem marcadas diferenças a nível da saúde entre os países da UE nomeadamente:

  • a taxa de mortalidade de crianças com menos de um ano pode ser cinco vezes superior
  • a esperança de vida à nascença varia entre 8 anos para as mulheres e 14 anos para os homens

Em todos os países, a taxa de mortalidade por doença e idade depende de factores como o emprego, os níveis de rendimento, o nível de educação e a origem étnica.

A UE coopera directamente (através da acção da UE) e indirectamente (através das autoridades nacionais e das partes interessadas) para reduzir as desigualdades na saúde.

Medidas da UE

As seguintes medidas da UE têm por objectivo reduzir as desigualdades em matéria de saúde:

Cooperação com os países da UE

  • Um grupo de especialistas  de países membros ou não da UE, da OMS, da OCDE e do Conselho da Europa partilha informações e boas práticas sobre as desigualdades em matéria de saúde e contribui para o desenvolvimento das políticas.
  • Os países da UE estabeleceram objectivos conjuntos que incluem a redução das desigualdades em matéria de resultados do tratamento e no acesso à saúde (ver o método aberto de coordenação).