Como podem os fundos estruturais ser utilizados em benefício da saúde

Que tipo de projectos relacionados com a saúde são elegíveis para financiamento da UE?

  • Infra-estruturas de saúde – modernização do sistema de cuidados de saúde, construção e renovação de instalações, equipamento e tecnologia médica
  • Investimento em actividades para melhorar a saúde e a segurança no trabalho, promoção da saúde e prevenção da doença, aprendizagem ao longo da vida para melhorar a capacidade de adaptação da força de trabalho, formação e educação dos profissionais de saúde, capacidade institucional e cuidados a longo prazo no sector da saúde, acesso ao emprego e inclusão social nos cuidados de saúde e nos cuidados de longo prazo
  • Outros – envelhecimento saudável, saúde em linha, cooperação transfronteiras, inovação na saúde, tecnologias da informação

Fundos estruturais da UE: intervenientes e prioridades

  • Os fundos estruturais são geridos pelos países da UE.
  • A Comissão Europeia é responsável pela sua coordenação:

            - Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional (Direcção-Geral do Desenvolvimento Regional)

            - Fundo Social Europeu (Direcção-Geral do Emprego e dos Assuntos Sociais)

Prioridades de financiamento definidas por:

            - Quadros de referência estratégicos nacionaispdf

            - Programas operacionais nacionais/regionais

Sou elegível para financiamento pela UE? Como me posso candidatar?

  • Consulte os convites à apresentação de propostas publicados pelas autoridades responsáveis pela gestão dos fundos no seu país.
  • Envie a sua candidatura à autoridade de gestão do seu país.

Mais sobre os fundos estruturais da UE e a saúde

  • Recursos e prioridades de financiamento previstos na UE para o período de 2007 a 2013:

           - Relatório sobre a utilização dos fundos estruturais em benefício da saúdepdf(2 MB)

           - Fichas de informação sobre os países Traduções da ligação anterior English (en)

  • JASPERS – assistência técnica para ajudar os países da UE a identificar, desenvolver e implantar projectos de infra-estruturas a grande escala
  • EUREGIO III – desenvolvimento de capacidades com vista à concepção, aplicação e avaliação do investimento dos fundos estruturais em infra-estruturas de saúde eficientes