A saúde nas iniciativas da UE

Muitas políticas e acções têm repercussões na saúde e nos sistemas de saúde de toda a Europa. Por consequência, é necessário abordar as políticas de uma maneira global para garantir que a saúde seja uma parte integrante de todos os domínios políticos relevantes, incluindo o ambiental, o económico e o social.

Estratégia de Saúde da UE 2008-13

A integração da saúde em todas as políticas é um dos princípios fundamentais da estratégia da saúde da UE Traduções da ligação anterior български (bg) čeština (cs) dansk (da) Deutsch (de) eesti keel (et) ελληνικά (el) English (en) español (es) français (fr) italiano (it) latviešu valoda (lv) lietuvių kalba (lt) magyar (hu) Malti (mt) Nederlands (nl) polski (pl) română (ro) slovenčina (sk) slovenščina (sl) suomi (fi) svenska (sv) . A intenção é que os problemas relacionados com a saúde passem a fazer parte integrante de todas as políticas a nível europeu, nacional e regional, incluindo o uso de avaliações de impacto e de ferramentas de avaliação.

A nova agenda social

A iniciativa nova agenda social considera que a saúde é essencial para o bem-estar dos cidadãos da UE no século XXI e sublinha a importância de uma abordagem coordenada de todas as políticas relevantes com o objectivo de prolongar a vida e de a tornar mais saudável.

"Saúde é riqueza": a saúde e a política económica

  • A estratégia económica da UE reconhece que, nas sociedades em envelhecimento, a saúde representa um enorme desafio para os sistemas de segurança social europeus e para o crescimento sustentável.
  • A estratégia de desenvolvimento sustentávelpdf assinala a importância da saúde para o desenvolvimento sustentável na Europa. Os seus objectivos principais são a sua promoção, a redução das desigualdades em termos de saúde e a protecção contra as ameaças à saúde.

Política de coesão

Programa de Saúde e agências da UE